Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Cirurgião transforma curativos em obras de arte e encanta pequenos pacientes

Projekt-bez-tytulu-45.png

Fot. www.facebook.com | akronchildrens

Anna Gębalska-Berekets - publicado em 24/05/22

Após a cirurgia, este médico faz as crianças sorrirem e se esquecerem da dor com personagens de desenhos animados pintados em seus curativos

O Dr. Robert Parry é um cirurgião que faz seu melhor para evitar que as crianças fiquem tristes com suas cirurgias. Para ajudá-las, ele descansa seu bisturi após a cirurgia e pega uma canetinha para desenhar incríveis personagens de desenhos animados em seus curativos. E quando as crianças acordam, os cortes não as incomodam tanto!

De fato, ir ao hospital para fazer qualquer cirurgia é um acontecimento assustador, especialmente para as crianças. Por isso, o Dr. Parry teve a ideia de amenizar um pouco o estresse pós-operatório de seus pequenos pacientes usando um método incomum e criativo.

O Diretor de Cirurgia Pediátrica do Hospital Infantil Akron pega suas canetinhas coloridas e faz desenhos engraçados nos curativos, inspirando entusiasmo em pessoas de todo o país.

“Eu gosto de sentir que estou lhes oferecendo algo em que passei algum tempo, para dizer: ‘Você não é apenas alguém que eu operei. Você é, na verdade, um ser humano. Aqui está um pequeno pedaço de mim com isso'”, diz ele em um vídeo compartilhado no Facebook.

Na página do Akron Children’s Hospital no Facebook, um post explica que o Dr. Robert Parry “tira um momento para garantir que uma cicatriz não seja a única memória duradoura do procedimento cirúrgico de uma criança”. Ele os surpreende com um curativo desenhado à mão ou algo que lhes interesse pessoalmente”.

A técnica é eficaz. Uma reportagem da CNN menciona o caso de uma menina que foi operada aos sete anos de idade. “O médico disse a Kennedy e seus irmãos que ela teria uma linda borboleta depois da cirurgia. Quando Kennedy saiu, todos estavam entusiasmados para ver o que o médico tinha prometido. Kennedy ficou tão orgulhosa da bela atadura e não se preocupou com nenhuma cicatriz”, disse a mãe da menina à CNN.

De onde veio esta ideia? O médico explicou que foi inspirado por um colega, o Dr. Perry Stafford, que cortava ataduras em forma de corações ou animais. As formas incomuns sempre fizeram os jovens pacientes sorrirem. Robert gostou muito disso e decidiu que iria criar sua própria “arte” para seus pequenos pacientes.

Duas paixões

Ele desenvolveu seu próprio método, que lhe permite acrescentar um desenho colorido enquanto mantém as feridas estéreis. Parry explica que sempre se interessou pela arte, mas acabou decidindo estudar medicina. Sua mãe era historiadora de arte e artista amadora.

O cirurgião afirma também que ele não vê muita diferença entre suas duas paixões. “Trabalhar como cirurgião e com desenhos me permitem trabalhar com as mãos – e fazer as pessoas se sentirem melhor no processo”.

Ele acrescenta que os pequenos são incrivelmente fortes e, apesar do sofrimento, eles gostam de coisas bonitas, mesmo que a situação ao seu redor não seja realmente tão maravilhosa.

A resposta das crianças

O Dr. Parry não leva muito tempo para fazer os desenhos. “A maioria dos curativos é feita em cinco minutos, enquanto o paciente está acordando”, disse ele. “A resposta é realmente maravilhosa. A criança se distrai e se anima para ver o que pediu antes da cirurgia, os pais ficam felizes e o pessoal médico também”, acrescenta.

Desde que completou sua especialização em cirurgia pediátrica, em 1996, Robert certificou-se de que cada paciente que operou fosse para casa com uma imagem alegre. “Já operei mais de 10.000 crianças e todos os que precisavam de um curativo receberam um desenho. Desde pequenos recém-nascidos que pesam menos de um quilo até jovens adultos. E não me lembro de ninguém que não tenha gostado, não importa a idade”, conclui o médico.

Tags:
ArteCriançasSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia