Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 05 Julho |
Santo Atanásio do Monte Athos
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Nossa Senhora à luz de Gênesis 3,15

VIRGIN MARY

Shutterstock | KYNA STUDIO

Vanderlei de Lima - publicado em 29/05/22

Quem esmaga a cabeça da serpente infernal é Nossa Senhora (a Mulher) ou Cristo (a descendência de Maria)?

O Antigo Testamento não fala – é evidente – de modo explícito, sobre Nossa Senhora, mas alguns textos, que tratam do Messias (Jesus Cristo) vindouro, fazem referência também à sua Mãe. 

De modo mais explícito, temos, então, Gênesis 3,15 (o protoevangelho), Isaías 7,14 (a profecia sobre Jesus a nascer de uma virgem) e Miqueias 5,1-3 (sobre a mulher que dá à luz). Comecemos, pois, por Gênesis 3,15: “Porei hostilidade entre ti [a serpente – nota nossa] e a mulher, entre tua linhagem e a linhagem dela. Ela te esmagará a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. Esta passagem merece alguns comentários específicos. 

Primeiro: em sentido literal estrito, haverá uma inimizade sem fim entre a serpente (o diabo) e a mulher (Eva), mas essa hostilidade não para aí; continua entre a descendência da serpente e a da mulher ou entre os bons e os maus. Todavia, a mulher é muito superior à serpente, dado que esta, em sua existência rastejante, só ataca a mulher no calcanhar; portanto, de modo baixo, vil, rasteiro, ao passo que a mulher, em sua elevada condição, lhe fere na cabeça.

Segundo: quem esmaga a cabeça da serpente infernal é Nossa Senhora (a Mulher) ou Cristo (a descendência de Maria)? – Explica Dom Estêvão Bettencourt, OSB, que é Nosso Senhor, pois “o sujeito que fere a cabeça da serpente, conforme o original hebraico, não é feminino, mas masculino (hu = ele). Isto quer dizer que não a mulher, mas o rebento da mulher vencerá a serpente” (Curso de Mariologia. Rio de Janeiro: Mater Ecclesiae, 1997, p. 1). 

Tal confusão entre ele (Cristo) ou ela (Maria) se dá porque, na Vulgata, São Jerônimo traduziu erroneamente o hu (ele), no hebraico, por ipsa (ela mesma), em latim. Como quer que seja, Maria (a nova Eva) participa, de modo proeminente, dessa vitória de seu Filho. Daí a Bíblia de Jerusalém (1ª edição: 2002. 9ª reimpressão: 2013), ao tratar desta passagem, dizer, na nota a, o que segue: “Com o Messias, sua mãe é implicada, e a interpretação mariológica da tradução latina ipsa conteret [Ela mesma esmagará – nota nossa] tornou-se tradicional na Igreja”.

Terceiro: se em Gênesis 3,2-7, a mulher (Eva) está às voltas com o tentador e o pecado que leva todo o gênero humano à desgraça, em Gênesis 3,15, essa mesma mulher aparece como protótipo de Nossa Senhora, a mãe da vida por excelência, associada, de modo íntimo, a Jesus Cristo, o Messias, em sua obra de redenção de cada homem e de cada mulher da terra. Nosso Senhor é o segundo Adão e Nossa Senhora a nova Eva na recriação libertadora da humanidade. Ainda: em Apocalipse 12, veremos a Mulher em batalha com o dragão, mas este é derrotado pela linhagem ou descendência dessa Mulher, figura importante que aparece também em João 2,4 e 19,26.

Para concluir, recorremos a um ensinamento da Tradição. Deve-se a Santo Irineu de Lião (cerca de 202) que, ao enfatizar o papel de Maria no plano salvífico de Deus, diz: “Da mesma forma que Eva se deixou seduzir para desobedecer a Deus, Maria se deixou persuadir a obedecer a Deus para ser ela – a Virgem Maria – a advogada de Eva, de sorte que o gênero humano, submetido à morte por uma Virgem, fosse dela libertado por uma Virgem, tornando-se contrabalançada a desobediência de uma Virgem pela obediência de outra” (Contra as heresias). 

Ora, o Magistério da Igreja fez eco a essa Tradição ao lembrar, por exemplo, que “como diz S. Ireneu, ‘obedecendo, ela [Maria – nota nossa] tornou-se causa de salvação, para si e para todo o gênero humano’. Eis porque não poucos Padres afirmam com ele, nas suas pregações, que ‘o nó da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de Maria; e aquilo que a virgem Eva atou, com a sua incredulidade, desatou-o a virgem Maria com a sua fé’; e, por comparação com Eva, chamam Maria a ‘mãe dos viventes’ e afirmam muitas vezes: ‘a morte veio por Eva, a vida veio por Maria’” (Lumen Gentium n. 56).

Eis uma brevíssima reflexão de Gênesis 3,15 à luz da iminente figura de Maria Santíssima.

Tags:
DemônioMariaNossa Senhora
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia