Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Julho |
São Raimundo Gayrard
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que dizer a uma adolescente para ajudá-la a tornar-se uma mulher radiante

TEEN

Shutterstock | fizkes

Aline Iaschine - publicado em 29/05/22

Para uma menina, tornar-se mulher é uma experiência maravilhosa e esmagadora. Aqui estão sete coisas a dizer a uma adolescente para a encorajá-la a tornar-se uma jovem radiante e confiante

O que pode uma mãe ou um pai dizer à sua filha para a ajudá-la a tornar-se uma mulher realizada e consciente da sua beleza? Claire de Saint Lager, autora do livro Devenir Femme (Editora Mame), dá algumas excelentes sugestões. Ela é a fundadora do Graine de Femme, um curso que ajuda as meninas a conhecerem-se melhor e a revelarem a sua personalidade única.

1. SER MULHER É UM DOM

“Tornar-se mulher é uma experiência que deve estar enraizada na alegria”, diz Claire de Saint Lager. É uma experiência única e maravilhosa, durante a qual a menina aprende a conhecer-se a si própria e a desabrochar. Ela torna-se consciente da sua beleza, do seu valor, das suas qualidades femininas e aprende a vê-las como um dom.

2. VOCÊ É PARTE DA OBRA CRIADORA DE DEUS

É bom convidar a sua filha a honrar o seu corpo feminino e a orgulhar-se dele: ela pode um dia tornar-se mãe e assim participar no trabalho criador de Deus. Convide-a a ver o seu período (menstruação), por exemplo, não como uma “ferida” mas como um sinal de “boa saúde que significa a capacidade do corpo de ter uma criança”. Em alguns países, na altura da menarca, “as raparigas são celebradas, como se celebra um casamento ou um bat mitzvah, ou seja, uma grande celebração”, diz Claire de Saint Lager. Por que não introduzir um pequeno ritual para marcar esta importante passagem, oferecendo um pequeno presente, uma peça de joalharia ou flores?

3. VOCÊ É UMA MULHER ÚNICA E ESPECIAL

O primeiro apego e marcador de identificação de uma criança é a sua mãe. “Logo no início da vida, há até mesmo uma indiferenciação de corpos, uma vez que o bebê pensa que é um com a sua mãe. Esta ligação é fundamental. Ao longo do tempo, é essencial “encorajar a sua filha a identificar as suas próprias vontades, a desenvolver os seus dons e talentos particulares”, diz Claire de Saint Lager. “É essencial encorajar a sua singularidade e valorizá-la. Para isso, é bom que ela também se inspire noutras mulheres à sua volta, para que possa construir um caminho pessoal”.

4. VOCÊ É A HEROÍNA DA SUA VIDA

Encorajar os sonhos que uma jovem rapariga carrega no seu coração é algo belo e bom. Para Claire de Saint Lager, “a adolescência é a idade em que se sonha, em que se pode ousar, em que se tem tudo pela frente”. Temos de confiar neles, ouvi-los e, ao mesmo tempo, acompanhá-los passo a passo. “Aos 15 anos não se decide pela sua vida. É algo que será construído ao longo do tempo. Colocaremos as primeiras pedras, talvez tomaremos estradas secundárias, depois outras estradas novamente. A orientação leva tempo. O importante é dar sentido a cada passo e atrever-se a correr riscos.

5. VOCÊ É BELA

Encorajar a menina através de palavras e olhares é fundamental: elogiá-la pela sua roupa, pelo que alcançou, pela sua beleza. “Pode-se ter a rapariga mais bela do mundo, mas se os pais nunca lhe disseram que ela é bela (no sentido mais profundo), ela não vai acreditar. Ela irá procurar essa resposta noutro lugar”, diz Claire de Saint Lager. Ajude a sua filha a encontrar a sua beleza única. Essa beleza se manifesta como? Em generosidade, gentileza, inteligência, humor, esplendor…?

6 AMA-TE E DEIXA-TE AMAR

“Amarmo-nos é um longo processo, mas começa com a capacidade de nos rodearmos de pessoas com quem nos sentimos bem e que nos querem fazer bem”, diz Claire de Saint Lager. É importante que a rapariga procure amigas e amigos que a respeitem e a puxem para cima. Se ela for insegura, pode cair em relações tóxicas que não serão benéficas. “A escolha dos amigos também mostra o quanto nos valorizamos a nós próprios.

7. ÉS FILHA AMADA DE DEUS

A adolescência é também um tempo de reconexão com a vida íntima e espiritual. Claire de Saint-Lager sublinha a importância desta escuta interior que se abre ao divino, “a este coração a coração com Aquele que vive em mim e que está no âmago do meu ser”. “É importante que a rapariga saiba que é amada e entre numa relação amorosa com o Senhor, como se o Pai do Céu lhe dissesse: “Tu és bela, tu és a minha filha amada”.

Tags:
EducaçãoFamíliaFilhosMulher
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia