Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Julho |
São Raimundo Gayrard
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Papa nomeia o primeiro cardeal da Índia com origem dálite

Dom Anthony Poola, o primeiro cardeal dálite

NOAH SEELAM / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 10/06/22

65% dos católicos da Índia pertencem à sub-casta dos "intocáveis", a mais desprezada e humilhada

Na lista recém-anunciada dos 21 cardeais a serem criados em 27 de agosto pelo Papa Francisco, está o primeiro cardeal da Índia com origem dálite: o arcebispo dom Anthony Poola, de Hyderabad, nasceu de uma família da sub-casta dos “intocáveis”, no estado de Andhra Pradesh.

No sistema de castas do hinduísmo, as pessoas denominadas “sudras” ou “xudras” formam o grupo mais baixo da escala da sociedade, composto por trabalhadores braçais que são considerados pelos escritos bramânicos como “intocáveis” e “impuros”. No final do século XIX, começou a ser usado o termo “dálite” ou “dalit”, que os ativistas pelos direitos desta sub-casta consideram preferível a “xudras” ou “intocáveis”, já que estes últimos são termos vistos como pejorativos.

Inspiração para os católicos dálites

Dom Anthony Poola tem 61 anos. De etnia telugu, ele nasceu numa família dálite na aldeia de Poluru, na diocese de Kurnool. Ele chegou a ser bispo dessa mesma diocese durante mais de 12 anos, antes de ser transferido pelo Papa Francisco à importante arquidiocese de Hyderabad. Agora, a sua nomeação como cardeal assume significado ainda maior, especialmente por conta da sua origem social.

O recém-nomeado cardeal declarou à agência católica de notícias AsiaNews:

“Recebi a notícia de algumas pessoas que me contaram sobre o anúncio do Santo Padre. É a vontade de Deus, que eu aceito com humildade: não sou digno disso. Sou grato ao Papa Francisco pela sua confiança”.

Na mesma entrevista, o arcebispo repassa um pouco da sua trajetória:

“Fui sacerdote na diocese de Cuddapah durante 16 anos e meio. Depois servi como bispo da diocese de Kurnool durante 12 anos. Por fim, em 2021, assumi a responsabilidade pela arquidiocese de Hyderabad. Esta minha nomeação como cardeal eu creio que seja um privilégio para a região dos telugu e fará crescer a fé da Igreja em Andhra Pradesh e Telangana”.

E destaca:

“Eu sou um dálite. Portanto, esta é uma boa notícia para os católicos dálites e para toda a Igreja na Índia. Acredito que isso trará para muita gente o encorajamento do Papa Francisco”.

65% dos católicos na Índia são dálites

O religioso jesuíta A. X. J. Bosco, que trabalha na Índia em defesa dos direitos dos dálites, também foi entrevistado pela AsiaNews a respeito da nomeação do primeiro cardeal pertencente a este grupo tão discriminado no país:

“Esta notícia veio como um choque e uma surpresa para mim. É uma grande alegria para os dálites, que representam mais de 65% dos fiéis da Igreja Católica na Índia. O Papa Francisco quer que a Igreja seja sinodal, que escute a todos, inclusive os últimos: agora os cristãos dálites também sentem que foram ouvidos depois de anos de luta. Dom Poola é uma pessoa culta, muito gentil com todos. Ele tem um amor especial pelos pobres; se preocupa muito com os dálites. É um homem aberto e generoso. A nomeação do arcebispo Anthony Poola como cardeal traz algum consolo e um sinal de esperança: os milagres podem sempre acontecer”.

Tags:
CardeaisIdeologiaPapa FranciscoPobrezaReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia