Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Bispos da Coreia pedem canonização de mártires assassinados por comunistas

Dom Francis Hong Yong-ho entre mártires assassinados por comunistas

Autor Desconhecido, Domínio Público, via Wikimedia Commons

Dom Francis Hong Yong-ho

Francisco Vêneto - publicado em 14/06/22

Entre eles está um bispo mártir que pode tornar-se o primeiro santo norte-coreano

Os bispos da Coreia têm reforçado os pedidos por agilidade no processo de canonização de 81 mártires coreanos que foram assassinados por comunistas durante a Guerra da Coreia.

Atualmente, os mártires são venerados como servos de Deus e, em sua trajetória rumo à canonização, ainda precisarão passar pela etapa de beatificação.

A fim de promover a causa, a comissão episcopal se reuniu neste último 7 de junho em assembleia especial, vindo a declarar que esses fiéis assassinados foram testemunhas modernas e contemporâneas da fé.

Entre eles estão 49 sacerdotes, 23 leigos, 7 religiosos e um bispo, dom Francis Hong Yong-ho, todos torturados e mortos pelas tropas comunistas, alguns antes e outros durante e até depois da guerra de 1950 a 1953.

Dom Francis foi bispo de Pyongyang, capital da atual Coreia do Norte. Ele havia sido ordenado sacerdote em 1933, no Japão, e, em 1944, recebeu também a ordenação episcopal para assumir o Vicariato Apostólico de Pyongyang. Foi preso pelos comunistas em 1949, quando tinha 43 anos de idade, vindo então a “desaparecer” – como é típico dos regimes ditatoriais contra aqueles a quem consideram seus inimigos. O corpo de dom Francis nunca foi encontrado. Em 2014, a Santa Sé aceitou o seu processo de canonização, o que fez deste bispo mártir o primeiro norte-coreano oficialmente a caminho dos altares.

Como os 81 mártires procediam de diversas dioceses, o episcopado coreano iniciou um estudo preliminar em cada diocese. Em 2013, confiaram à arquidiocese de Seul a elaboração do pedido preliminar de canonização.

Poucos meses depois, uma comissão do governo sul-coreano descobriu que mais de mil cristãos haviam sido torturados e assassinados em direta decorrência do ódio comunista contra a fé.

A Coreia tem uma longa história de martírio em nome da fé. Confira:

Tags:
comunismoIdeologiaMártiresPerseguiçãoSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia