Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 28 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: As notícias na Terra Santa impõem-se a Moscou e Washington

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
JERUSALEM-OLD-CITY-shutterstock_1235650846.jpg

Shutterstock i NOWAK LUKASZ

Jérusalem.

I. Media - publicado em 20/06/22

Todos os dias, a Aleteia oferece uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

Segunda-feira, 20 de Junho de 2022

  • Cardeal Müller não quer que o Papa Francisco renuncie
  • O não-cardinado do Bispo Lucas Van Looy e a lição para um conclave
  • O Papa Francisco poderia visitar a Arábia Saudita em breve?
  • Os acontecimentos atuais na Terra Santa impõem-se a Moscou e Washington
  • Os bastidores da viagem de João Paulo II à Argentina, alguns dias após a derrota nas Malvinas

Cardeal Müller não quer que o Papa Francisco renuncie

Classificado como conservador, o Cardeal alemão Gerhard Müller disse ao Corriere della Sera que não quer que o Papa Francisco renuncie. Para o antigo prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, uma renúncia seria uma situação ainda mais difícil do que a atual, em que um papa emérito vive a poucos metros do papa reinante. Ele diz que discutiu este assunto há oito anos com o Papa Francisco. Na altura, o Papa Francisco disse que não queria ter um pontificado mais longo do que o de Bento XVI. O cardeal alemão respondeu que a renúncia não deveria tornar-se uma norma, mas permanecer uma exceção absoluta. Nesta entrevista, o homem que é frequentemente classificado como adversário do papa argentino também adverte contra uma Igreja que se tornaria uma ONG. “A missão da Igreja é ajudar a união de homens e mulheres com Deus”, recorda-nos, nas colunas do diário italiano, onde também defende o casamento tradicional.

Il Corriere della Sera, italiano


O não-cardinado do Bispo Lucas Van Looy e a lição para um conclave

O vaticanista John Allen olha para trás para a decisão sem precedentes do Bispo Lucas Van Looy, Bispo Emérito de Gand, de recusar o título de cardeal que o Papa iria conferir-lhe em 27 de Agosto. O prelado de 80 anos teria cometido erros no enfrentamento de denúncias de abusos sexuais em sua diocese. Ao aceitar a sua escolha, o Papa está – conscientemente ou não – a dar um aviso aos cardeais que um dia terão de escolher o seu sucessor. De fato, este caso mostra como os cardeais terão de ser cuidadosos com o perfil do futuro papa. Este terá de ter sido exemplar na sua gestão de abusos. E os cardeais seriam bem aconselhados a fazer as suas pesquisas antes de fazer a sua escolha. Para um caso do tipo do Bispo Lucas Van Looy teria consequências desastrosas se fosse estendido a um pontífice.

Crux, inglês


O Papa Francisco poderia visitar a Arábia Saudita em breve?

É uma história que tem sido largamente ignorada pelos meios de comunicação, provavelmente por causa da situação ucraniana. O Reino da Arábia Saudita organizou em Maio uma conferência inter-religiosa no seu solo, patrocinada pela Liga Mundial Muçulmana sediada em Meca. Participaram muçulmanos, judeus, cristãos, hindus e budistas. O autor do artigo olha para esta abertura progressiva da Arábia Saudita em busca de respeitabilidade. Olhando para as recentes relações entre este país e a Igreja Católica, observa que as coisas mudaram muito no espaço de 15 anos. Tanto assim que uma viagem de um papa a essa terra já não parece impossível. “Seria um grande empreendimento político e teológico”. Em 2007, pela primeira vez, um governante wahhabi – Rei Abdullah – visitou o Vaticano para se encontrar com o Papa Bento XVI.

Salon, inglês


Os acontecimentos atuais na Terra Santa impõem-se a Moscou e Washington

A cidade de Jerusalém está mais uma vez no centro das atenções internacionais. Primeiro porque a aquisição de edifícios da Igreja Ortodoxa Grega por uma organização judaica ultra-nacionalista não foi do agrado da Rússia, relata a revista Terre Sainte. O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo disse estar “profundamente preocupado” com o futuro da presença cristã na Cidade Santa. Esta declaração surge numa altura em que Israel optou por não apoiar oficialmente Moscou na Ucrânia, e a União Europeia quer reforçar a sua cooperação energética com Israel. Jerusalém deverá então estar no centro das atenções quando o Presidente dos EUA Joe Biden visitar a região, em meados de Julho. Do lado das comunidades cristãs, espera-se que o Presidente faça uma forte declaração contra as organizações extremistas israelitas e a sua intimidação das instituições cristãs.

Terre Sainte, francês


Os bastidores da viagem de João Paulo II à Argentina, alguns dias após a derrota nas Malvinas

A visita durou apenas 36 horas, mas permanecerá na memória dos argentinos. Em Junho de 1982, o Papa João Paulo II deu um salto diplomático. Para o compreender, é preciso lembrar que em 1980, o pontífice polaco tinha planejado visitar a Grã-Bretanha entre 28 de Maio e 2 de Junho de 1982. Contudo, dois meses antes desta viagem, a Guerra das Malvinas eclodiu com o desembarque do exército argentino nestas ilhas, o que provocou uma resposta dos exércitos britânicos. Neste contexto, a visita do Papa a Londres não deveria ser interpretada como um sinal de apoio, sussurrou o Vaticano. Para quebrar o impasse, o Papa ouviu o chefe da sua diplomacia, Agostino Casaroli, que lhe sugeriu que organizasse uma visita relâmpago à Argentina, na sequência da sua viagem. O jornal da Santa Sé L’Osservatore Romano dissipou toda a especulação política sobre a visita, referindo-se a ela como uma “viagem de paz”.

Clarin, espanhol

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
João Paulo IIResenha de ImprensaTerra Santa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia