Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: número de casamentos católicos em queda livre

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Matrimônio católico

Photo by Josh Applegate on Unsplash

I.Media para Aleteia - publicado em 21/06/22

Uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

Terça-feira, 21 de Junho de 2022

  1. Um vaticanista de renome ataca o Papa Francisco
  2. Covid: teólogo deplora o levantamento da obrigação da missa dominical
  3. Os números de casamentos católicos em todo o mundo estão a cair
  4. Bispos coreanos preocupados com a nova lei do fim de vida
  5. O Papa Francisco recebe cocar de bispos amazónicos

1. Um vaticanista de renome ataca o Papa Francisco

O vaticanista Sandro Magister, um observador renomado da vida do Vaticano e altamente cético sobre a forma como o Papa Francisco está a conduzir a Igreja, especialmente no final do seu pontificado, lança um novo ataque. “Neste pontificado em declínio, há uma confusão total, especialmente porque Francisco concentra todos os poderes nas suas mãos, como se fosse conduzido por uma ansiedade irreprimível de fazer ele próprio, sozinho, o que a ‘instituição’ incapaz não faz”, diz ele depois de enumerar uma série de disfunções. Assim, para além dos problemas de saúde que ameaçam as viagens do Papa, o jornalista aponta o dedo à forma não convencional como o Pontífice se exprime sobre o conflito ucraniano, a sua forma de interferir nos assuntos da Ordem de Malta, a sua incapacidade de criar o Cardeal belga Luc Van Looy, que finalmente preferiu recusar o título devido à sua má gestão dos casos de abuso sexual, a sua opção de não fazer nomeações para a Cúria apesar da entrada em vigor da nova constituição… Em suma, Sandro Magister volta a atacar o papa argentino.

Diakonos, francês


2. Covid: teólogo deplora o levantamento da obrigação da missa dominical

Dois anos após o início da pandemia de Covid-19, o debate sobre se é admissível evitar ir à missa aos domingos não terminou na Alemanha. Algumas dioceses ainda não reintroduziram a “obrigação dominical” e teólogos como Peter Schallenberg lamentam-no. Ele considera que a suspensão deste dever foi “um pouco precipitada” e que não ir à missa aos domingos é agora algo que “se infiltrou tranquilamente no funcionamento da vida quotidiana”. No entanto, o teólogo reconhece que o termo “dever dominical” não é muito feliz. O jornalista recorda que este dever está consagrado no artigo 1248 do Código de Direito Canónico, que diz que aos domingos e outros dias de festa de preceito, os fiéis estão vinculados à obrigação de participar na Missa.

Katholisch, alemão


3. Os números de casamentos católicos em todo o mundo estão a cair

Enquanto o Vaticano acaba de publicar um documento para melhorar a preparação para o casamento na Igreja, o site The Pillar destaca um declínio “drástico” no número de casamentos: o número de católicos a nível mundial aumentou 17% nos últimos 12 anos, mas o número de casamentos realizados pela Igreja diminuiu 26% durante o mesmo período. No entanto, os católicos são ligeiramente menos propensos a divorciarem-se. Numa pesquisa de 2015 sobre casamento e família, Pew Research descobriu que 25% dos católicos se divorciaram, em comparação com 31% da população em geral. Embora a percentagem de jovens que vivem juntos tenha aumentado em grande medida, nem todos os casais católicos evitam o casamento: 51% dizem estar casados, em comparação com 47% da população em geral. Mas um terço é casado civilmente em vez de religiosamente. The Pillar cita outros estudos que mostram que os católicos praticantes, mas também os casais que não coabitavam antes do casamento ou as pessoas que não tinham múltiplos parceiros sexuais antes do casamento, são significativamente menos propensos ao divórcio do que os seus contemporâneos. Isto leva os peritos a concluir que uma fundação tanto na prática religiosa como na moralidade sexual católica seria útil para os casais que se preparam para o casamento. Esta preparação deve começar na infância, “uma vez que o tempo em que um casal já está noivo e a preparação para o casamento pode ser um pouco tarde para incutir práticas e crenças”.

The Pillar, inglês


4. Bispos coreanos preocupados com a nova lei do fim de vida

O Arcebispo Peter Chung Soon-taick, de Seul, expressou a sua “séria preocupação” após a introdução de uma lei que permite o suicídio assistido por um médico para os doentes terminais sem qualquer hipótese de recuperação. “Temos de compreender que dignidade significa preocupação e cuidado com a comunidade, não o ato de encurtar a vida”, disse o Bispo Chung à UCA.news. Ele chama o governo a adotar políticas que promovam os cuidados paliativos como uma alternativa. No entanto, os coreanos seriam amplamente a favor (76%) da medida, seguindo uma lógica de “procura de eficiência económica” ligada à perda de uma cultura de cuidados, de acordo com o prelado. Esta lei reforçará a lei existente sobre “morte com dignidade”, que foi aprovada em 2018 e que permitiu a cessação do tratamento que sustenta a vida em caso de acordo da família ou da directiva antecipada do doente.

UCA News, anglês


5. O Papa Francisco recebe cocar de bispos amazónicos

O Papa Francisco recebeu um cocar indígena dos bispos brasileiros da região amazónica que se encontram atualmente em Roma na sua visita ad limina. O cocar colorido foi apresentado ao pontífice pelo Bispo Edson Taschetto Damian, da diocese de São Gabriel da Cachoeira, no Brasil e no coração da floresta tropical amazónica. Ele diz que antes de ir para a Itália, perguntou aos seus fiéis o que queriam dar ao Papa Francisco, e eles responderam “um cocar”. Ao recebê-l, o Papa perguntou se se tratava de uma mitra, o chapéu usado pelos papas e bispos. Durante a reunião, outros bispos deram presentes ao Papa, incluindo o Arcebispo de Manaus, Leonardo Steiner, que será criado cardeal em Agosto.

Globo, português

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
CasamentoCovidResenha de Imprensa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia