Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 07 Julho |
Bem-aventurada Maria Romero Menezes
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Com câncer terminal, mais um seminarista é ordenado sacerdote em cama de hospital

Khamsan Mim Khountichak, seminarista com câncer terminal, é ordenado no hospital

Pe. Trieu Pham Minh via Jose Domingos Guerra | Facebook

Francisco Vêneto - publicado em 22/06/22

Ainda como jovem missionário, o agora neo-sacerdote chegou a ser preso duas vezes pelo regime comunista

Com câncer terminal, o seminarista Khamsan Mim Khountichak, natural do Laos, foi ordenado sacerdote em plena cama do hospital onde está internado em Manila, a capital das Filipinas.

O câncer de medula espinhal em estágio terminal foi descoberto recentemente, em maio, pouco após o jovem terminar os estudos teológicos na Escola de Teologia São Vicente, na capital filipina. A doença se manifestou de modo brutalmente rápido: o seminarista começou a sentir dores intensas que se transformaram em fortes dificuldades de locomoção.

A antecipação da ordenação sacerdotal de Khamsan foi possível graças a uma dispensa concedida por dom Rolando Santos, bispo de Alotau-Sideia, em Papua Nova Guiné. A missa de ordenação foi celebrada em 13 de junho, festa de Santo Antônio de Pádua e Lisboa.

Segundo reportagem da rádio católica filipina Véritas, o agora neo-sacerdote havia trabalhado durante vários anos como missionário em seu país natal, no vicariato apostólico de Pakse. Ele se transferiu para as Filipinas pela primeira vez em 2008 para estudar teologia no Fondacio, movimento internacional ligado à Renovação Carismática.

De volta ao Laos, trabalhou pastoralmente junto a comunidades muito carentes da fronteira entre aquele país e o Vietnã. Ajudava os camponeses nos trabalhos braçais, rezava com eles e batizava os bebês quando não havia sacerdotes – um cenário infelizmente muito comum na região, que, durante décadas, sofreu a pesada perseguição anticristã promovida pelo regime comunista ateu. Mesmo hoje, as autoridades comunistas do país são avessas à atividade pastoral; o jovem missionário, de fato, chegou a ser preso duas vezes. Ele nunca deixou de ressaltar, porém, que “a alegria de estar com o povo de Deus é uma experiência privilegiada”: quem testemunhou essa atitude do agora neo-sacerdote foi o padre filipino Daniel Franklin E. Pilario, em declarações à rádio Véritas.

Outros testemunhos sobre o pe. Khamsan vêm do sacerdote vietnaminta Trieu Pham Minh, seu colega de estudos. Ele publicou fotos da ordenação sacerdotal no Facebook e afirmou que a vocação do pe. Khamsan é “especial e rara em sua diocese e na Igreja no Laos”; por meio dela e da provação do câncer, “Deus quer produzir frutos de outra maneira, segundo a sua santa vontade”.

Tags:
CâncerPadresPerseguiçãoTestemunhoVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia