Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 09 Agosto |
Santa Teresa Bendita da Cruz (Edith Stein)
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Ele cuida de 4 irmãos desde que a mãe morreu ao lado dele, atingida por uma bomba

Jovem cuida de 4 irmãos após morte da mãe atingida por bomba

@radiosvoboda | Twitter

Karol Wojteczek - publicado em 30/06/22

"Mamãe morreu nos meus braços. Eu tentei salvá-la, mas não consegui. Eu vi a primeira bomba cair"

Wiaczesław Jałow tem 18 anos e morava com a mãe e quatro irmãos menores na cidade de Wierchnotorieckie, em Donetsk, na Ucrânia. No dia 15 de março, ela morreu em seus braços depois de ser atingida por uma bomba.

A história do jovem corajoso foi contada pela Rádio Swoboda.

“Mamãe morreu nos meus braços. Eu tentei salvá-la, mas não consegui. Eu vi a primeira bomba cair. Mamãe caiu, eu sentei. Ela estava do meu lado. Depois de um tempo, caiu a segunda bomba e eu fiquei desnorteado durante alguns segundos. Abri os olhos e ela estava deitada de lado. As últimas palavras dela foram: ‘Estou bem’. Eu a virei ela, e aí…”.

Wiaczesław interrompe a frase.

Ele depois acrescenta:

“Acho que ela está com a gente e nos ajuda muito”.

O rapaz de 18 anos agora cuida de duas irmãs e dois irmãos, cujas idades vão de 8 a 16 anos. Ele contou à emissora de rádio:

“Eu me lembro muitas vezes da minha mãe. Só não entendo por quê. Por que ela e não eu? Minha mãe também era órfã”.

Apesar da pouca idade, Wiaczesław agora se refere aos irmãos como filhos. Eles vivem atualmente em Drohobycz, na região de Lviv, para onde fugiram dos ataques das tropas russas. As autoridades locais lhes atribuíram 2 quartos num dormitório compartilhado. A cidade, de 70.000 habitantes, abriga cerca de 22.000 refugiados, vindos principalmente do leste e do sul da Ucrânia.

“Eu só tento arrumar as coisas para deixar a vida dos meus irmãos mais confortável. Eu mesmo consertei a máquina de lavar. Eles trouxeram a máquina e me disseram que, se eu consertasse, podia ficar com ela”.

Os irmãos escaparam de Donbas apenas com os documentos e as roupas do corpo. Nos primeiros dias depois da morte da mãe, dependiam completamente das doações de pessoas generosas.

Quando viu imagens de Wierchnotoriecki na internet, Wiaczesław identificou, entre outros pontos, a histórica igreja destruída pelos russos. Ainda antes da evacuação, um míssil tinha caído na frente da sua casa, quebrando todas as janelas. O sonho do jovem é voltar para sua cidade natal assim que ela for libertada dos invasores. Wiaczesław prometeu a si mesmo que providenciará um enterro adequado para a mãe.

Antes da guerra, o jovem de 18 anos estudava para ser médico:

“Se eu for um bom médico, com certeza serei uma boa pessoa”.

Tags:
FamíliaGuerrairmaosMaternidadeMorteUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia