Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

O duplo antídoto contra a inquietação e a ansiedade

woman_with_hemorrhage_001 (1)

Pe. Luigi Epicoco - publicado em 10/07/22

Podemos não ter o poder de fazer milagres, mas a humildade e a confiança em Deus tornam tudo possível

O Evangelho de Mateus 9, 18-26 (veja íntegra abaixo) mantém dois milagres juntos. O primeiro apresenta uma mulher que tinha sofrido de hemorragias durante 12 anos, e o segundo, uma rapariga moribunda. Não pretendo dar spoiler, mas penso que todos podemos antecipar que, em ambos os casos, Jesus as cura.

No entanto, penso que é errado deixarmo-nos distrair excessivamente pela forma como estas situações terminam, porque há dois detalhes dignos de nota que talvez sejam chaves para toda a passagem.

O primeiro diz respeito ao pai da criança: “um chefe se aproximou e se prostrou diante dele, dizendo: «A minha filha acaba de falecer. Mas vem impor a mão sobre ela e viverá».”

O segundo diz respeito à mulher: “Entretanto, uma mulher que sofria um fluxo de sangue havia doze anos aproximou-se por detrás dele e tocou-Lhe na fímbria do manto,
pensando consigo: «Se eu ao menos Lhe tocar no manto, ficarei curada»”.

Uma governante que se humilha, e uma mulher desesperada que confia com todas as suas forças.

Humildade e confiança são as mensagens fundamentais desta passagem. É como se esta história sugerisse que, se não podemos fazer milagres, a humildade e a confiança em Deus tornam tudo possível.

De fato, a nossa inquietação e ansiedade vêm da nossa falta de humildade e confiança em Deus.

Evangelho segundo São Mateus 9,18-26

Naquele tempo, estava Jesus a falar aos seus discípulos, quando um chefe se aproximou e se prostrou diante dele, dizendo: «A minha filha acaba de falecer. Mas vem impor a mão sobre ela e viverá».
Jesus levantou-Se e acompanhou-o com os discípulos.
Entretanto, uma mulher que sofria um fluxo de sangue havia doze anos aproximou-se por detrás dele e tocou-Lhe na fímbria do manto,
pensando consigo: «Se eu ao menos Lhe tocar no manto, ficarei curada».
Mas Jesus voltou-Se e, ao vê-la, disse-lhe: «Tem confiança, minha filha. A tua fé te salvou». E a partir daquele momento a mulher ficou curada.
Ao chegar a casa do chefe e ao ver os tocadores de flauta e a multidão em grande alvoroço,
Jesus disse-lhes: «Retirai-vos, porque a menina não morreu; está a dormir». Riram-se dele.
Mas, quando mandou sair a multidão, Jesus entrou, tomou a menina pela mão e ela levantou-se.
E a notícia divulgou-se por toda aquela terra.

Tags:
BíbliaCuraMeditaçãoMilagre
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia