Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Sisto II
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

“Hoje Deus sorriu para mim”: o testemunho emocionante de um médico católico

shutterstock_1353596537.jpg

Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 13/07/22

"Adorei Deus, feito de carne, osso e câncer", relata o médico que, com amor, humildade e muita fé, consegue enxergar Deus em seus pacientes

O Dr. João Carlos Resende Trindade é um médico católico que atende pacientes com câncer. Nas redes sociais, ele mostra um pouco da sua rotina e como a fé o ajuda a enfrentar as dificuldades do dia a dia da profissão.

Em uma publicação recente, o médico afirma que, através de um frágil paciente, Deus sorriu para ele.

“Hoje Deus sorriu para mim. Avistando-me na porta, abriu o mais belo sorriso, enquanto virava os olhos para o céu, como sem acreditar. Era Deus, que de novo me dava importância na minha inútil visita. Ele tinha os lábios finos e ressecados pelos opioides. Agitou as mãos em meios aos fios dos eletrodos de monitorização e queria livrá-las das cobertas ocres de um leito de UTI. Ajudei folgando a barra que O cobria até o pescoço. Esperei um aperto firme, mas as mãos de um Deus poderoso blefavam numa fragilidade que sequer comprimiam minha pele. Eram mãos frias de um Deus com o Sagrado Coração quente. Tinha dedos finos, cujos nós lembravam as contas de um Rosário. Ali eu via a sacra poesia de novo juntando rimas ricas em versos e estrofes tão claros à minha frente. Olhei tudo com atenção. Não queria perder nenhum detalhe. Era poeta, sem acreditar que lhe voltara a poesia. Seus olhos não brilhavam tanto. A pele pálida anunciava gritando tamanha morbidez. Olhou profundamente para mim, mas logo pendeu a cabeça com uma sonolência intermitente.”

“Deus, pequeno fiapo de gente”

Com o amor ao próximo, a grandeza de valores e a profundidade de fé típicos de quem consegue enxergar que Deus está em todos, sobretudo nos mais fracos e necessitados, o médico continua:

“Fiquei contemplando Deus ali, pequeno fiapo de gente, que por vezes brechava os olhos para observar eu ali do lado dEle. Parei e rezei. Adorei Deus, feito de carne, osso e câncer. Após eternos poucos minutos, tive que ir. Deus precisava descansar como após o 6⁰ dia de Criação. Catei uma colher descartável e um copo com um pouco de água. Deitei duas colheradas d’água nos secos lábios entreabertos. Iniciei um Pai-Nosso, mas Ele apenas balbuciava poucas palavras, seguindo-me na cadência da oração. Despedi-me com um pequeno beijo que estalei no ar, mas que caiu oculto por trás de minha máscara. Juntos, os mesmos lábios, agora menos secos, retribuíram meu carinho. Larguei as mãos magrinhas, recobri a caquexia e parei no último instante. Olhando de novo em meus olhos, agradeceu-me a visita. Era Cristo de novo, ali, escondido e achado, diante de mim. E por último momento, depois de uma leve pausa, Deus sorriu para mim.”

Deus disfarçado de paciente

Esta não foi a primeira vez que o Dr. João Carlos consegue ver Deus em seus pacientes. E, por seus relatos, dá para ver que ele consegue tratá-los com o amor e o respeito com que o Senhor espera ser tratado.

Em 2017, em publicação semelhante à atual, o médico descreveu que Deus o visitou disfarçado de paciente. O texto foi publicado no Facebook e comoveu a internet pelos exemplos de humanidade, respeito e fé. Clique abaixo ou aqui para ler o texto na íntegra.

Tags:
AmorCâncerDoençaValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia