Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 11 Agosto |
Santa Clara de Assis
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Filho enfermeiro homenageia mãe gari: “meu filho sempre teve orgulho de mim”

Filho formado em enfermagem homenageia a mãe gari

@kawe.guilhermy | Instagram

Francisco Vêneto - publicado em 25/07/22

Kawê é o primeiro com ensino superior na família e fez questão de reconhecer os méritos da mãe - que, porém, é vítima de discriminação pelo simples fato de ser gari

Andréa dos Santos Andrade costuma ser etiquetada com o rótulo de “mãe gari”, encarando os lamentáveis preconceitos de quem acha pejorativo trabalhar na profissão de coletar resíduos e cuidar da limpeza e da conservação das áreas públicas.

O filho dela, felizmente, tem orgulho do trabalho da mãe e fez questão de homenageá-la como mãe e como gari durante uma sessão de fotos que viralizou nas redes sociais e emocionou muita gente no Brasil.

Kawê acaba de se formar em Enfermagem, tornando-se o primeiro da família a completar o ensino superior. Ele sabe que a conquista não é só dele: é dele e da mãe conjuntamente. E foi por isso que, para celebrar a recente formação, Kawê quis que Andréa levasse o seu uniforme de trabalho para o ensaio fotográfico.

Nas fotos, ele colocou em si mesmo o chapéu de trabalho de Andréa, enquanto pôs na mãe o seu capelo de formatura, levando às lágrimas todas as pessoas que presenciaram a cena de gratidão.

Andréa, que criou o jovem Kawê sozinha, ficou feliz e comovida com a homenagem do filho:

“Apesar de muitas pessoas terem vergonha ou destratarem a profissão, meu filho sempre teve orgulho de mim”.

Kawê, por sua vez, registrou que a mãe já foi vítima de muita discriminação pelo simples fato de ser gari:

“Não é porque estou de jaleco branco, ou com essa beca, que sou melhor que qualquer outra profissão. Ela trabalha limpando, e, na enfermagem, a gente considera a limpeza e a higiene como necessidades básicas do ser humano. Eu também trabalho com necessidades básicas, restabelecendo a saúde das pessoas”.

Em seu Instagram, Kawê escreveu:

“Todo mundo já deve ter visto essas fotos rodando por ai, mas só eu e minha família sabemos o que a minha formatura representa. Representa a resistência, representa a humildade, representa a nossa essência mãe! Obrigado à minha avó, meu avô e a toda minha família pelo apoio durante esses 5 anos. Esse canudo é nosso!”

View this post on Instagram

A post shared by Kawe Guilhermy (@kawe.guilhermy)

Recorde também a história inspiradora de Tales Pereira, também gari, que ajudou a filha Aline a se formar em Medicina:

Tags:
FilhosmãesTestemunhoTrabalhoValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia