Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Agosto |
Santa Clara de Assis
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Por que temos de agradecer pelos dias ruins?

WOMAN HANDS

Shutterstock

Talita Rodrigues - publicado em 26/07/22

A felicidade instagramável é uma busca utópica e cheia de insônias, dívidas, desilusões e discussões sobre como ser feliz

Se mordomia fosse mais importante para mim do que liberdade, eu não teria começado a trabalhar muito cedo. Se depois de quase uma década trabalhando em consultorias com recrutamento e seleção eu não tivesse perdido o entusiasmo pela função, eu não teria me arriscado a escrever artigos para sites católicos e a apostar somente na clínica – que faz os meus olhos brilharem. Que sorte eu não ter sido feliz sempre! Por isso, tenho muito a agradecer pelos meus dias ruins.

De fato, foram os choros silenciosos, abraçada ao travesseiro, que me colocaram contra a parede. “Por que Deus está me submetendo a essa dor?”, eu questionava. Ter ido atrás da resposta me fez movimentar a vida e trocar de planos. Mudar a rota. 

Quando meu coração esteve apertado e partido, não agendei exames cardíacos: recorri à escrita. Se compus alguns artigos bem escritos, devo às angústias das paixões mal concluídas. Ao meu coração partido. 

Cada vez que fui rejeitada, desenvolvi a humildade e reforcei meu lado bom. 

Sabe, ando serena há bastante tempo, desde que aprendi que a felicidade instagramável é uma busca utópica regada a insônias, dívidas, desilusões e discussões sobre como ser feliz.

A inteligência emocional e a felicidade

O único jeito que conheci para ser feliz foi desenvolvendo desde cedo o que se chama hoje de inteligência emocional, um guarda-chuva de múltiplos significados, mas que pra mim se resume a usar a finitude e a fé em Deus a nosso favor.

Vamos morrer – não agora, mas um dia, aquele dia que otimismo nenhum adia. Então qual o sentido de obstruir ainda mais a vida? 

As pessoas fazem drama por pouca coisa, são competitivas, se acham melhores do que são, executam tarefas de forma relaxada, não assumem seus erros, não cuidam de seus afetos e só reclamam. A cada manhã recebem o novo dia já com pedras na mão, sem agradecer a Deus pelo dom da vida – inclusive eu. 

Enfrentando os dias ruins

Tenho também meus dias ruins, meus momentos em preto e branco, mas não desapareço de mim. Se for um incômodo pontual, leio um livro, me distraio e espero o dia terminar. Se for mais grave, tento psicoterapia emergencial e troco os pensamentos de lugar. Desacomodo. Uso a instabilidade para inaugurar uma estabilidade nova em folha, outra versão da mesma vida. 

O meu “pra sempre” nunca foi feito de linhas retas nem de velocidade constante, e é por isso que minha sorte e minha fé tem durado um bocado para enfrentar cada dia ruim.

Enfim, não desista! Tenha fé suficiente para enfrentar cada dia difícil e busque ajuda profissional adequada se for necessário. Ninguém está imune aos dias mais dolorosos. Mas eles passam. E acredite: Deus transformará toda a sua dor em bem. 

Quer ler mais conteúdos como este? Clique aqui e siga a psicóloga Talita Rodrigues no Instagram

Tags:
autoconhecimentoFelicidadeInteligencia emocionalPsicologia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia