Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Agosto |
São Maximiliano Maria Kolbe
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho fala sobre o papel do sexo no casamento que não dá certo

Sexo no casamento

fotosparrow | Shutterstock

Pe. Zezinho - Reportagem local - publicado em 27/07/22

"Querer sempre mais, em geral, é querer errado. O outro não é para ser consumido à vontade"

O sexo no casamento, especialmente quando a união não dá certo, foi o tema de um comentário publicado pelo Pe. Zezinho em sua rede social. O sacerdote escreveu:

“Nosso tempo está repleto de casamentos desfeitos. Não deram certo aquelas uniões. Talvez por causa dele, talvez por causa dela, talvez por ambos. Mais triste ainda é quando acabam se odiando e se agredindo.

No entanto, quando tudo estava bem, seus lares eram um paraíso na terra! O que aconteceu entre eles que se expulsaram daquele paraíso?

Outra pessoa? O sexo deixou de satisfazer? Um dos dois esqueceu das necessidades do outro? Ele mudou? Ela mudou?

E agora? Ambos estão sozinhos ou já arranjaram outro amor? E desta vez saberão suprir as necessidades um do outro, ou de novo será por alguns meses ou por alguns anos? E depois?”

O sacerdote falou então sobre o sadio equilíbrio na sexualidade:

“Há pessoas que sabem se alimentar. Não comem demais, nem de menos. Alimentam-se sem gula. Com o advento da mídia invasora e devoradora, que mais provoca do que ajuda, o instinto do acasalamento criou necessidades absurdas. Um arranca do outro o que o outro não tem mais para dar. Nem ele nem ela se satisfazem. Não conseguiram e não conseguem colocar o sexo no seu devido lugar, que não está só perto das virilhas”.

O pe. Zezinho finalizou reforçando a necessidade de respeito mútuo no tocante ao sexo no casamento:

“Quem ama com o devido respeito sabe se alimentar de carinhos e gentilezas e sabe quando sim e quando não se darem um ao outro. Já o egoísta exige mais do que o outro ou a outra pode dar. Toda mulher tem seu limite de mulher. Todo homem tem seu limite de homem. Querer sempre mais, em geral, é querer errado. O outro não é para ser consumido à vontade. O outro não é pudim, nem chocolate, nem vinho!

Gente tem limites e nenhum vem engarrafado ou embrulhado com o rótulo de ‘sirva-se à vontade’. Enjoa do mesmo jeito! Encha o bucho de churrasco, cigarro e cerveja e sem limites e a vítima será você mesmo!

O limite serve para mostrar que o ser humano tem válvulas de escape ou válvulas de fechamento e controle. O chuveiro, as torneiras e as panelas de pressão servem de exemplo. Abriu: fecha. Fechou: abre. Mas tudo no devido tempo. O mesmo se dá com a sexualidade“.

Tags:
AmorCasamentoSexualidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia