Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Abril |
Aleteia logo
Para Ela
separateurCreated with Sketch.

Como proteger a sua família do diabo, segundo São Charbel Makhlouf

COMFORTING DAUGHTER

Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 29/07/22

O famoso santo maronita acreditava que Satanás estava decidido a destruir a família de uma forma particular

São Charbel era um humilde eremita maronita que morreu em 1898 e é conhecido desde então pelos incontáveis milagres atribuídos à sua intercessão. Era um sacerdote santo estreitamente unido a Jesus na Terra, e possuía uma grande sabedoria que era fruto da sua profunda oração.

Nos seus escritos, alguns dos quais podem ser encontrados no livro Love is a Radiant Light: The Life & Words of Saint Charbel, ele escreveu sobre a sua família e o seu principal inimigo, o diabo.

São Charbel explicou que o diabo tinha sempre concentrado as suas energias na destruição da família, porque ela reflete de perto a imagem de Deus:

A família é a base do plano do Senhor, e todas as forças do mal estão a concentrar todo o seu mal para destrui-la, porque sabem que ao destruir a família a base do plano divino será abalada. A guerra do Maligno contra o Senhor é a sua guerra contra a família, e a guerra do Maligno contra a família é o foco da sua guerra contra o Senhor, porque a família é a imagem de Deus, desde o início da criação deste universo. O Maligno está concentrado em destruir a família, a base do plano de Deus.

Plano de Satanás

Não é preciso ir muito longe para ver demonstrações do plano de Satanás no nosso mundo, porque no mundo moderno a família está fragmentada e dividida.

São Charbel ofereceu então conselhos às famílias sobre como se protegerem dos ataques do diabo:

Guardem as vossas famílias e mantenham-nas longe dos esquemas do Maligno através da presença de Deus nelas. Protegei-as através da oração e do diálogo, compreensão mútua e perdão, honestidade e fidelidade e, acima de tudo, da escuta. Escutem-se mutuamente com os vossos ouvidos, os vossos olhos, o vosso coração, a vossa boca e as palmas das vossas mãos, e mantenham o barulho do mundo longe da vossa casa porque é como uma tempestade furiosa e uma onda violenta – uma vez que entrem na casa, varrerão tudo e dispersarão todos. Preservem o calor da família, porque o do mundo inteiro não o pode compensar.

Curiosamente, São Charbel sublinha a necessidade de “manter o barulho do mundo longe de casa”. Vivendo na segunda metade do século XIX, o santo nunca poderia ter imaginado quanto barulho invadiu as famílias nos últimos 50 ou 60 anos e como é difícil conseguir o silêncio. Como ele previu, a família parece estar profundamente ferida por esta invasão de barulho mundano.

De fato, São Charbel tem grande sabedoria para nos ensinar se estivermos dispostos a ouvir as suas palavras. Se queremos proteger as nossas casas da influência do diabo, tentemos criar uma cultura da escuta, esforçando-nos por reduzir o ruído nas nossas casas e manter vivo o diálogo, a compreensão e o perdão.

Tags:
DemônioMalSantossatanismo
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia