Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que dizer e o que não dizer em um funeral

shutterstock_1230613846.jpg

Rawpixel.com / Shutterstock

Michael Rennier - publicado em 01/08/22

Muitas vezes, dizemos alguns clichês ao tentarmos confortar a pessoa enlutada. Aqui está o que fazer em vez disso

Como padre, vou a muitos funerais. E falo em muitos deles. Passo muito tempo em visitas e conversando com famílias enlutadas em meu escritório.

Eu também sou uma pessoa incrivelmente estranha quando se trata de lidar com emoções. Eu luto para expressar como me sinto e, no meio de eventos que causam emoções fortes, eu não gosto de reconhecer que elas existem. Na verdade, me sinto desconfortável quando estou em um ambiente onde as emoções estão à mostra – provavelmente porque não entendo o que estou sentindo.

Por causa desse constrangimento, eu costumava ter o hábito de recorrer aos clichês ao tentar confortar famílias enlutadas. Queria consertar a tristeza delas e estava convencido de que se eu conseguisse dizer a coisa certa e perfeita, isso aliviaria seus sentimentos. Então, eu falava demais e procurava as palavras mágicas que aliviariam a tristeza daquele momento.

A realidade da morte

Não que eu estivesse inapropriadamente tentando fazer piadas ou evitando completamente a realidade de que um caixão com um cadáver estava bem ali na frente. Mas eu não estava disposto a enfrentar essa dura realidade, porque reconhecê-la também era um reconhecimento de que a morte traz consigo uma gama complexa de emoções que são impossíveis de resolver em um único dia.

Enquanto isso, o ato de cumprimentar uma esposa que acaba de perder o marido nos obriga a falar, a dizer alguma coisa – qualquer coisa – e é por isso que as palavras que dizemos nos funerais são, muitas vezes, banais. Elas podem até ser involuntariamente prejudiciais porque, quando oferecemos falso conforto e banalidades, aqueles que estão de luto podem ficar com a impressão de que deveriam estar se sentindo diferente do que estão, e que há algo errado ou grosseiro na tristeza. 

Parece que a maneira socialmente aceitável de sofrer é lidar com isso educadamente e silenciosamente antes de seguir em frente. A viúva enlutada fica com a culpa de não poder ver o lado positivo ou admitir que “pelo menos” seu marido de 60 anos está agora em um lugar melhor ou não está mais sofrendo.

O que dizer nos funerais

Nada de chavões. Nenhum conforto fácil. Nada de minimizar a morte com falsa positividade. Acima de tudo, nada de proferir qualquer frase que comece com “pelo menos”.

Evitar esses chavões tem um custo. Significa que não posso ignorar os sentimentos. Não posso ignorar a dor e a realidade do que significa amar e perder outra pessoa, o que significa sentir que um pedaço do seu coração foi quebrado e enterrado no chão para sempre.

Um funeral é um reconhecimento de uma grande dor: a presença de uma ferida espiritual aberta que não cicatriza completamente. Devemos ser muito corajosos para admitir isso honestamente. Mas precisamos admitir, pois a ferida que fica é sinal de amor verdadeiro, que há um valor insubstituível nas vidas que se entrelaçam e que há uma perda irrevogável quando a morte faz uma separação física. 

Exemplos

Eu digo à família que sinto muito pela perda. Eu tento compartilhar uma história de como eu admirava o falecido de uma maneira específica. Tento também me referir a um aspecto de seu caráter que eu quero imitar. Acima de tudo, deixo-os saber que estou lá para orar com eles e recomendar o ente querido a Deus, que a morte não vai diminuir o amor que as pessoas têm umas pelas outras.

A melhor maneira de rezar é através da Missa e, se você estiver se perguntando o que fazer, praticamente falando, ofereça uma Missa pelos falecidos e entregue aos enlutados um cartão da Missa com a data específica em que será oferecida.

Acima de tudo, as pessoas em luto simplesmente apreciam sua presença. Portanto, esteja pronto para ouvir em silêncio, sem interferir.

Enfim, não devemos fugir. Não devemos vacilar. Fale com autenticidade, mesmo que seja difícil encontrar as palavras. Eu descobri que é melhor usar menos palavras, pois a realidade de quem somos como seres humanos e o amor que compartilhamos é muito maior do que qualquer palavra pode descrever.

Tags:
Morte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia