Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: Quando Pio XII negociou com o Brasil vistos para judeus

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Papa Pio XII combateu o nazismo

CC BY 2.0 / True Restoration

I. Media - publicado em 01/08/22

O seu resumo das principais notícias do dia: uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

Segunda-feira 1 de Agosto de 2022

1 – Quando Pio XII negociou com o Brasil os vistos para os judeus
2 – O Vaticano não é o único a pensar em termos de séculos
3 – É preciso energia para servir a Igreja hoje


1 – Quando Pio XII negociou com o Brasil os vistos para os judeus

Um pesquisador brasileiro a estudar em Itália, Jair Santos, obteve acesso aos arquivos apostólicos do Vaticano e analisou a correspondência entre o Papa Pio XII e o governo Getúlio Vargas no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial. As cartas mostram que, apesar do ceticismo das autoridades brasileiras, acabaram por chegar a um acordo com o Vaticano para a emissão de 3.000 vistos a judeus convertidos ao catolicismo. No entanto, os documentos mostram agora que apenas 959 vistos foram emitidos, e Santos explicou que tinha de continuar a investigar os arquivos do Vaticano e do Brasil para compreender o que tinha acontecido. Quanto à razão pela qual o Vaticano escolheu o Brasil em particular para este caso, Santos sugere que foi devido à “familiaridade” entre Pio XII e a sua hierarquia e o contexto brasileiro. A Santa Sé sabia que o Brasil estava aberto aos imigrantes e precisava deles por “razões sociais, económicas e religiosas”. Além disso, quando o Presidente Getúlio Vargas chegou ao poder em 1930, uma das primeiras coisas que ele fez foi procurar o apoio da Igreja, explica Santos. Antes de se tornar Papa, o Cardeal Pacelli tinha também visitado o Brasil em 1934 e estabelecido boas relações.

Veja, português

Durante a viagem do Papa Francisco ao Canadá, muitas pessoas apelaram ao Papa para revogar a “Doutrina da Descoberta”, um conjunto de bulas papais do século XV que encorajava a colonização das Américas. John Allen, do jornal Crux, salienta que este apelo à revogação remonta pelo menos a 1992, e foi feito várias vezes. No entanto, “quem exorta Francisco a revogar estes documentos não compreende como a Igreja funciona”, diz ele. Quando quer “mudar de marcha”, assinala, “não nega os anteriores éditos papais, mas ignora-os”. Isto é o que o Papa já fez com a sua persistente rejeição do colonialismo e a sua defesa dos direitos indígenas, explica o vaticanista americano. Os bispos canadenses e o Vaticano irão, no entanto, analisar mais profundamente a questão.

Crux, inglês


3 – É preciso energia para servir a Igreja hoje

Num artigo de opinião, Lucetta Scaraffia, historiadora e jornalista italiana que durante muitos anos editou a revista mensal feminina do L’Osservatore Romano, contextualiza os comentários do Papa sobre uma possível futura renúncia. Ela explica que “o papado contemporâneo […] envolve muitas missões de ‘presença’ e intervenções contínuas nos problemas do mundo”. Um papa hoje não se pode limitar a ser simplesmente “um símbolo da unidade da Igreja”, prossegue ela. Ao mesmo tempo, porém, os pontífices de hoje têm de enfrentar o fato de as pessoas viverem mais tempo, mas sem a mesma “força e eficácia” que nos seus anos mais jovens. “A velhice, com o seu cansaço, dor e limitações, afeta também os papas e põe em perigo a sua missão”, diz Scaraffia, que aplaude a decisão do Papa Francisco de falar abertamente sobre a possibilidade de renunciar. Scaraffia argumenta que remover “a aura de sacralidade que envolve o Santo Padre” ao falar de renúncia é bom para a Igreja e é outra forma do Papa Francisco “lutar contra o clericalismo”.

Quotidiano.net, italiano

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
GuerrajudeusPapaResenha de Imprensa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia