Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Brasil: Defensoria Pública do Paraná irá atuar para garantir direitos dos nascituros

DZIECKO NA USG

Shutterstock

Reportagem local - publicado em 05/08/22 - atualizado em 05/08/22

O Paraná passa a ser o segundo estado brasileiro em que uma instituição pública tem a atribuição de defender a vida ainda no ventre materno

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou a Lei Complementar 248/2022, que altera e acrescenta dispositivos à legislação que rege o trabalho da Defensoria Pública do estado. Entre as mudanças, está a emenda que garante a defesa dos direitos dos nascituros por parte dessa instituição pública.

A emenda foi proposta pelo deputado estadual Marcio Pacheco, que comemorou a vitória em defesa da vida!

“Foi uma luta muito grande que, Graças a Deus, a partir de hoje passa a ser uma realidade no nosso Estado. Importantíssima conquista em defesa da vida a ser comemorada nesse dia. A Vida é sempre um direito natural e sagrado; e tal como, deve ser protegida e defendia sempre”.

Com isso, o Paraná passa a ser o segundo estado brasileiro, ao lado do Rio de Janeiro, em que uma instituição oficial tem a atribuição de defender a vida ainda no ventre materno.

Os direitos do nascituro

Pelo menos dois dispositivos legais brasileiros falam sobre os direitos das crianças ainda não nascidas. O artigo 5.º da Constituição diz:

“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.”

Já o artigo 2º do Código Civil de 2002 expõe: “A personalidade civil da pessoa começa do nascimento com vida; mas a lei põe a salvo, desde a concepção, os direitos do nascituro”.

Assim, cabe ao Estado a proteção à vida de um nascituro, sem tirar a responsabilidade da mãe.

Entre outras atribuições em relação aos nascituros, o poder público tem a obrigação de prover o seu desenvolvimento digno.

Tags:
BrasilLeiVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia