Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 30 Setembro |
São Jerônimo
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O Papa critica as “monstruosas deformações” da liturgia

Papa Francisco em Quebec

LARS HAGBERG / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 08/08/22

"Minha ação neste campo tentou seguir a linha adotada por João Paulo II e Bento XVI"

O Papa Francisco criticou as “monstruosas deformações” da liturgia ao longo das últimas décadas. Ele tocou no assunto durante o encontro que manteve com 15 jesuítas em Quebec, durante a sua recente viagem ao Canadá.

Segundo a revista Civiltà Cattolica, editada pelos próprios jesuítas na Itália, Francisco respondeu a várias perguntas dos seus companheiros de congregação religiosa. Uma delas dizia respeito à importância da liturgia.

O Papa respondeu:

“Quando há conflito, a liturgia é sempre maltratada. Na América Latina, há trinta anos, ocorreram monstruosas deformações litúrgicas. Depois caíram no extremo oposto, com a embriaguez retrogradista do antigo. Foi criada uma divisão na Igreja”.

Francisco tem criticado tanto a dessacralização da liturgia quanto o que considera uma tentativa igualmente danosa de priorizar as formas sobre o significado. Durante o voo de retorno do Canadá, por exemplo, ele afirmou que o “atraso” é diferente da “tradição” – e até mesmo contrário a ela.

Ainda durante o encontro com os jesuítas, conforme relatado pela Civiltà Cattolica, Francisco falou das suas medidas a respeito:

“Minha ação neste campo tentou seguir a linha adotada por João Paulo II e Bento XVI, que haviam permitido o rito antigo e haviam solicitado uma verificação posterior. A verificação mais recente deixou claro que havia uma necessidade de disciplinar a questão e evitar que ela fosse um fato de moda, mas que permanecesse uma questão pastoral”.

No tocante à mencionada verificação, o Papa se refere ao motu proprio Traditionis custodes, que publicou em julho de 2021 e por cujo meio limitou a celebração da missa tradicional em latim. Neste último 29 de junho, ele publicou também a carta apostólica Desiderio desideravi, que trata da formação litúrgica do povo de Deus.

Em sua conversa com os jesuítas em Quebec, o Papa finalizou a respeito das deformações da liturgia:

“Virão estudos que aperfeiçoarão a reflexão sobre uma questão tão importante. A liturgia é o louvor público do povo de Deus”.

Tags:
Igreja CatólicaLiturgiaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia