Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 06 Outubro |
São Bruno
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Hoje é o dia dos diáconos permanentes: afinal, quem são eles?

diáconos permanentes

Pascal Deloche | Godong

Francisco Vêneto - publicado em 10/08/22

10 de agosto é a festa litúrgica de São Lourenço, diácono e mártir

A Igreja celebra hoje, 10 de agosto, o dia dos Diáconos Permanentes porque esta é a data da festa litúrgica de São Lourenço, diácono e mártir do século III.

São Lourenço

Lourenço era um dos sete diáconos de Roma na época. O Papa Sisto II o nomeou administrador dos bens materiais da Igreja, o que lhe permitia organizar a distribuição de ajudas às muitas pessoas pobres da cidade. Por esta mesma razão, ele foi alvo da cobiça que, juntamente com o ódio à fé cristã, decretou o seu martírio. Saiba mais sobre São Lourenço nesta matéria:

Quem são, afinal, os diáconos?

No tocante ao diaconado (ou diaconato), trata-se do primeiro dos três graus do sacramento da ordem; os seguintes são o presbiterato e o episcopado. O Catecismo da Igreja Católica os explica em seus números 1554 e 1571.

Embora receba o sacramento da ordem, o diácono não é sacerdote – nem precisa ser. Existe certa confusão entre os fiéis a este respeito porque, após o século V, o diaconato como ministério permanente foi perdendo espaço no Ocidente, vindo a reduzir-se a uma espécie de “etapa” antes do próximo grau da ordem. Depois do Concílio Vaticano II é que o diaconato foi restabelecido como “um grau particular dentro da hierarquia”.

De fato, a carta apostólica “Sacrum diaconatus ordinem”, publicada em 1967 pelo Papa São Paulo VI, explicita que o diaconato não deve ser considerado como “simples grau para ascender ao sacerdócio” e reafirma que “aqueles que a ele são chamados podem dedicar-se de modo estável aos mistérios de Cristo e da Igreja”.

Historicamente, os diáconos ajudavam os padres e bispos prestando-lhes assistência qualificada nas celebrações, o que representa muito mais do que ser meros “ajudantes”, como às vezes são equivocadamente vistos por quem desconhece a natureza do diaconato.

Fundamentalmente, os diáconos se ordenam ao ministério da palavra, da liturgia e da caridade.

Outras de suas funções podem ser compreendidas claramente mediante a leitura da constituição dogmática Lumen Gentium, bem como do Direito Canônico em seus cânones 757, 835, 910, 943 e 1087. Entre elas estão:

  • o batismo;
  • a leitura da Sagrada Escritura aos fiéis;
  • o ministério ordinário da Sagrada Comunhão, incluindo:

    • a conservação e distribuição da Eucaristia;
    • a exposição do Santíssimo Sacramento;
    • a bênção eucarística;
    • a oferta do viático aos doentes terminais;
  • a assistência ao sacramento do matrimônio e a bênção matrimonial em nome da Igreja;
  • a presidência do rito fúnebre e do sepultamento cristão;
  • a administração de sacramentais.

Em relação à preparação para o diaconato, a Lumen Gentium explica (n. 29):

“Com o consentimento do Romano Pontífice, poderá este diaconado ser conferido a homens de idade madura, mesmo casados, e a jovens idôneos; em relação a estes últimos, porém, permanece em vigor a lei do celibato”.

Ou seja: um homem casado pode tornar-se diácono permanente, mas um diácono solteiro, via de regra, não poderá casar-se – a menos, obviamente, que solicite e obtenha a respectiva dispensa.

Já no caso dos diáconos que serão ordenados sacerdotes, a preparação para o diaconato deve durar ao menos 3 anos, conforme determinação do Código de Direito Canônico (n. 236).

Tags:
Igreja CatólicaPadressacerdocioSacramentosVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia