Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 02 Outubro |
Santos Anjos da Guarda          
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Ditadura da Nicarágua: governo brasileiro repudia repressão a rádios católicas

Ditadura da Nicarágua reprime bispo

Francisco Vêneto - publicado em 11/08/22 - atualizado em 11/08/22

"O Governo brasileiro defende o direito à liberdade de toda pessoa de escolher e praticar livremente sua religião"

O governo brasileiro repudiou as medidas repressivas da ditadura da Nicarágua contra rádios católicas no começo deste mês, quando o regime de Daniel Ortega mandou fechar sete emissoras da diocese de Matagalpa.

O bispo local, dom Rolando Álvarez, denunciou a medida autoritária e questionou as alegadas “irregularidades” aduzidas pela ditadura para determinar o fechamento:

“Em 7 de julho de 2016, fui pessoalmente a uma reunião com o ex-diretor da Telcor (agência que regula as telecomunicações no país), com todos os documentos das nossas rádios, segundo as determinações atuais da Telcor, e nunca recebemos respostas – como já é costume do governo neste e em muitos outros casos’.

Dom Rolando é o bispo que se encontra confinado no edifício da própria cúria, há uma semana, por forças policiais repressivas.

Nota do governo brasileiro

No tocante ao fechamento das emissoras católicas de rádio por determinação da ditadura da Nicarágua, o ministério brasileiro das Relações Exteriores divulgou nota em 5 de agosto:

“O Governo brasileiro repudia o uso abusivo de violência policial contra líderes religiosos e fiéis no episódio e conclama as autoridades nicaraguenses a restaurarem sem demora o funcionamento das respectivas emissoras e o pleno exercício da liberdade religiosa da paróquia local”.

Para o Brasil, “a medida constitui mais um severo golpe ao espaço cívico na Nicarágua e viola o direito à liberdade de religião ou crença, assim como à liberdade de opinião e de expressão”. A nota acrescenta:

“À luz do artigo 18 do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, ratificado pela Nicarágua, o direito à liberdade de religião implica a liberdade de toda pessoa de ‘professar sua religião ou crença, individual ou coletivamente, tanto pública como privadamente, por meio do culto, da celebração de ritos, de práticas e do ensino'”.

A nota explicita:

“O Governo brasileiro defende o direito à liberdade de toda pessoa de escolher e praticar livremente sua religião”.

Tags:
ditaduraIdeologialiberdadePerseguiçãoPolíticaReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia