Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Setembro |
São Cosme e São Damião
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Peça de teatro apresenta Santa Joana d’Arc como heroína de “gênero neutro”

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Santa Joana d'Arc

Wikipedia | ALETEIA

Francisco Vêneto - publicado em 16/08/22

Professor britânico critica a peça: querem "reescrever a história" com base em "revisionismo fantasioso"

Uma nova peça de teatro apresenta Santa Joana d’Arc como heroína de “gênero neutro”. Trata-se de “I, Joan” (Eu, Joana), que estreia no dia 25 de agosto no Globe Theatre, em Londres, ficando em cartaz até outubro. Segundo o site da peça, a produção é “um grito de coragem” que “conta novamente a história de Joana d’Arc”.

Será mesmo coragem “contar novamente” a história de uma pessoa real com viés declaradamente ideológico? E o que significa “contar novamente”? Deturpar os fatos para encaixá-los numa narrativa? Estas são algumas das questões que estão sendo discutidas a respeito da abordagem escolhida pelos produtores.

De fato, o professor emérito Frank Furedi, da Universidade de Kent, criticou a peça em declarações ao jornal The Times. Para ele, os produtores estão querendo “reescrever a história” com base em “revisionismo fantasioso”. O professor afirma:

“Uma pessoa como Joana d’Arc nem teria ideia do que é ‘não-binário’. É uma recaracterização de algo que nem existia na época”.

A página sobre peça no site do teatro, por sua vez, declara explicitamente que Santa Joana d’Arc “se rebelou contra as expectativas do mundo, questionando a binariedade de gênero”.

A apresentação ainda convida o público, à maneira de convocação para um manifesto:

“Junte-se a nós e sinta o calor do sol e o pulsar da paixão de Joana. De coração aberto e elevando a voz, dance e vibre conosco enquanto redescobrimos a história de Joana. Ela é viva, ‘queer’ e cheia de esperança”.

É inevitável observar o teor subjetivo desse tipo de “apresentação”, com apelo a clichês emocionais difusos em vez de fundamentação histórica objetiva. Não há fundamentação a ser apresentada, talvez?

Linha semelhante é seguida pela diretora artística Michelle Terry, para quem apresentar Santa Joana d’Arc como “de gênero neutro” não é inédito. Entretanto, a produção da peça não especifica qual seria a fundamentação histórica precedente, caso exista.

Completando a verborreia literalmente “genérica”, o site do Globe Theatre afirma que a peça é “inequivocamente pró-direitos humanos”. Resta saber qual é, exatamente, o direito humano que precisa de uma deturpação histórica para ser defendido.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
HistóriaIdeologiaIdeologia de GêneroMulherSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia