Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 04 Outubro |
São Francisco de Assis
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Hipersensibilidade: sinais que não enganam

SENSIBLE-EMOTION-WOMAN-REFLEXION-shutterstock_1823140607.jpg

Shutterstock I tommaso79

Marzena Devoud - publicado em 22/08/22

Você decifra perfeitamente o humor dos outros? Presta atenção em cada detalhe? Quer sempre entender tudo? Pensa nos outros mais do que em si mesmo(a)? Tudo isso pode ser sinal de hipersensibilidade - e pessoas hipersensíveis podem sofrer muito

“Complicado(a)”, “tímido(A)”, “hiperativo(a)”, “irritado(a)”, “ansioso(a)” ou mesmo “depressivo(a)”… É assim que alguns entes queridos costumam rotular você? E se tudo isso fosse sinal de hipersensibilidade, essa “alta sensibilidade” que afeta muita gente e que, psicologicamente falando, não é uma doença? 

De fato, a hipersensibilidade pode aparecer por algum tempo ou após um trauma, como um esgotamento. Embora muitos livros tenham sido publicados sobre o assunto nos últimos anos, o primeiro livro falando sobre hipersensibilidade surgiu na década de 1990. O assunto foi abordado por Elaine Aron, uma psicóloga americana. Enquanto trabalhava na área clínica, ela observou que havia pessoas que percebiam o mundo de forma um pouco diferente. Elas eram particularmente empáticas e menos resistentes que os outros a estímulos externos. A psicóloga notou, então, que essas pessoas sentiam tudo com mais força, e que não conseguiam se desprender do que sentiam.

Mas a hipersensibilidade pode esconder um sofrimento real. Foi o caso de Clara, 35 anos. “Quando descobri que minha hipersensibilidade tinha um nome e que eu poderia colocar palavras específicas para o que sentia, foi um alívio enorme para mim”, confidencia à Aleteia. 

Abaixo estão os sinais mais importantes comuns a todas as pessoas hipersensíveis, de acordo com Elaine Aron:

1Hiperempatia

BATLLO

Diz respeito à capacidade extraordinária de se colocar no lugar do outro. A pessoa hipersensível sempre presta mais atenção ao outro do que a si mesma. Resultados? Ela pode se sentir sobrecarregada por emoções que vêm das pessoas ao seu redor, a ponto de sentir um desconforto real. Portanto, ela não consegue desfrutar da própria vida. A empatia, muitas vezes, impede a aceitação de que alguém tem más intenções. A pessoa hipersensível, portanto, procurará desculpas para seu comportamento.

2Cérebro sem descanso

Graças às suas habilidades analíticas, a pessoa hipersensível pensa incansavelmente, questiona-se constantemente. De certa forma, ela “enxerga” além – às vezes até demais. Em situações novas, em vez de se deixar levar pela onda, ela prefere dar um passo atrás e “processar” todos os dados disponíveis. Sua mente está programada para registrar e analisar todos os detalhes até as mínimas nuances. Todo o seu corpo parece um receptor extremamente sensível. Com isso, o hipersensível tem problemas para fazer escolhas, pois hesita muito antes de decidir. Como a pessoa hipersensível sente as coisas de forma mais aguda e vê além ou mais profundamente, ela é capaz de expor verdades desconfortáveis ​​ao identificar facilmente erros ou imperfeições;

3Hipersensibilidade ao mundo exterior

A pessoa hipersensível é muito sensível a cada detalhe que vem do mundo exterior. Alguns sons, de outra forma neutros, podem causar uma forte irritação. Luzes piscando ou cheiros fortes podem gerar desconforto. A pessoa hipersensível também sente qualquer tensão em seu ambiente, como uma atmosfera pesada após uma discussão. Mesmo que esta não lhe diga respeito, ela se sobrecarrega completamente.

4Perfeccionismo

No trabalho, o hipersensível está apenas interessados nas atividades que lhe são demandadas. Ele não está interessado em intrigas ou estratégias destinadas a esmagar oponentes. Muito exigente, gosta de se desafiar, mas não tem senso de competição. É a ideia de se superar que o motiva, não o desejo de superar os outros. No entanto, por ser discreto, o hipersensível pode facilmente passar despercebido. Além disso, por geralmente ser o primeiro a chamar a atenção para uma situação negativa no trabalho, é quase sempre visto como a fonte do problema.

5Cultivar relacionamentos profundos

A pessoa hipersensível pensa primeiro nos outros. Ela quer cuidar do bem-estar deles, evita conflitos a todo custo e tende a assumir a responsabilidade pelo mundo inteiro. Resultados? Às vezes, ela pode cair na armadilha de amizades tóxicas ou se deixar manipular por pessoas que a usarão. Mas o seu grande talento é certamente o de saber cultivar relacionamentos profundos e intensos com os outros. Quando ela tem que escolher entre qualidade e quantidade, ela sempre optará pela primeira. Ouvir os outros é sua grande força.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia