Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 04 Outubro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

ONU aponta que o mundo atingirá 8 bilhões de habitantes em novembro

8 bilhões de habitantes

Shutterstock I katatonia82

Francisco Vêneto - publicado em 23/08/22

As projeções também indicam que a Índia ultrapassará a China já em 2023; Brasil estará na 7ª posição

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou neste mês a projeção de que o mundo atingirá 8 bilhões de habitantes em novembro – mais precisamente no dia 15 daquele mês.

Segundo as estimativas apresentadas, outro episódio histórico a registrar-se no curto prazo, em termos demográficos, será o fato de que a Índia ultrapassará a China já em 2023, tornando-se com isto o país mais populoso do planeta.

Por outro lado, o Brasil, que até a metade de 2019 era a 5ª nação mais populosa do mundo, passará em 2023 ao 7º lugar. Depois de ter sido ultrapassado há pouco mais de 2 anos pelo Paquistão, o Brasil também terá a sua população superada muito em breve pela Nigéria.

Enquanto a população brasileira está seguindo a tendência de estabilização e progressiva diminuição populacional, que já ocorre na maioria dos países desenvolvidos, o Paquistão e a Nigéria seguem tendência contrária, comum a outros países subdesenvolvidos: a de não desacelerar a taxa de natalidade. De fato, o Brasil deverá cair até o ano de 2100 para a 12ª posição entre os países mais populosos do globo.

De acordo com a projeção do Departamento de Economia e Assuntos Sociais da ONU, a população mundial está crescendo no ritmo mais lento desde 1950. Neste cenário, deverá chegar a 8,5 bilhões de habitantes em 2030 e a 9,7 bilhões em 2050. O pico será atingido na década de 2080, com 10,4 bilhões. Prevê-se uma estabilidade populacional até 2100, seguida então por uma fase de lenta diminuição.

Mais da metade do crescimento populacional projetado para as próximas décadas deverá concentrar-se em 8 países, todos eles subdesenvolvidos e situados na Ásia ou na África: além dos já mencionados Índia, Paquistão e Nigéria, também terão vultosos aumentos a República Democrática do Congo, o Egito, a Etiópia, a Tanzânia e as Filipinas.

Tags:
CiênciaMundoSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia