Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 30 Setembro |
São Jerônimo
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Uma receita simples para manter a sua alma sempre em paz

WOMAN WITH DRIED ROSES

Stocksy United

Marzena Devoud - publicado em 26/08/22

Um guia simples para a vida interior: aqui está a receita para manter a serenidade e cultivar bem a alma

Quem nos oferece um guia simples para manter a alma serena é um monge e bispo de Arles, celebrado pela Igreja a 26 de Agosto. Um verdadeiro influenciador cujas homilias ainda inspiram padres pelo mundo.

Nascido perto de Chalon-sur-Saône por volta de 470, Caesarius de Arles tornou-se monge na abadia de Lérins com a idade de 20 anos. Tornou-se bispo de Arles em 503 enquanto continuava a ser um monge.

Nos seus sermões, ele transmitiu com notável talento e personalidade as principais características do pensamento de Santo Agostinho. Tanto que na altura a obra do discípulo foi muitas vezes confundida com a do mestre. Para Caesarius, a principal missão era ensinar.

Inimigo de toda a afetação, ele fala com simplicidade e com vigorosa clareza. Não se preocupa nem com a originalidade nem com o estilo. Como descrito pelo acadêmico Albert Grenier, “sem procurar novidade, contenta-se muitas vezes em repetir o que foi bem dito por outros”.

Caesarius de Arles quis acima de tudo ser compreendido por todos e dirigiu-se particularmente aos humildes: “Se eu quisesse,” disse ele num dos seus sermões, “transmitir-vos as palavras dos Padres tal como são, o alimento do espírito chegaria apenas a poucos e as massas continuariam com fome. Peço, portanto, aos educados que se contentem com uma palavra rústica para que todo o rebanho possa encontrar o seu alimento”.

Este é o coração da sua missão: falar simplesmente do essencial – da serenidade da alma na vida quotidiana. Como se cuida da sua alma? Eis a receita simples de Caesarius de Arles dada num dos seus sermões:

1Retirar as ervas daninhas e plantar boas sementes

“O cuidado da nossa alma, queridos irmãos, é de todos os modos semelhante ao cultivo do solo. Pois tal como nas terras cultivadas, limpamos por um lado e semeamos por outro. Assim, portanto, devemos fazer na nossa alma: desarraigar o que é mau e plantar o que é bom.”

2O campo de Deus e o nosso

“Há dois tipos de campos: um é o campo de Deus, o outro o campo do homem. Tendes o vosso campo, Deus também tem o seu; o vosso campo é a vossa terra; o campo de Deus é a vossa alma. Será que Deus merece de nós que negligenciemos a nossa alma, que Ele tanto ama? Se se alegra quando vê o seu campo cultivado, por que não chora quando vê a sua alma infecunda? Dos campos do nosso domínio temos de viver alguns dias neste mundo; do cultivo da nossa alma teremos de viver infinitamente no Céu; é portanto ali, ou seja, sobre a nossa alma, que temos de gastar sempre o maior zelo”.

3A alma bem cultivada

“Deus dignou-se confiar-nos a nossa alma como seu domínio, de modo que devemos pôr todo o nosso zelo em cultivá-la bem; trabalhemos portanto com todas as nossas forças com a ajuda de Deus, para que quando Deus quiser entrar no seu campo, isto é, na nossa alma, possa encontrá-la totalmente cultivada, totalmente preparada, totalmente ordenada; para que possa encontrar ali uma colheita e não plantas espinhosas; para que possa encontrar ali vinho e não vinagre; trigo em vez de joio.”

(Sermão 4, 4, trans. M.-J. Delage, Sources chrétiennes 175, Cerf, Paris, 1971, pp. 325-329).

Tags:
DeusMeditação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia