Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 01 Outubro |
Santa Teresinha do Menino Jesus
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Menos de 1 mês após posse: governo da Colômbia abandona compromisso pró-vida

Gustavo Petro lidera o governo de esquerda na Colômbia

@gustavopetrourrego

Francisco Vêneto - publicado em 29/08/22

Saudado pela mídia como "o primeiro presidente de esquerda da Colômbia", Petro retira seu país do Consenso de Genebra

Menos de 30 dias após tomar posse, o novo governo da Colômbia já abandonou o compromisso pró-vida assumido pelo país em maio deste ano ao aderir ao Consenso de Genebra.

O consenso é uma iniciativa implantada em outubro de 2020 por mais de 30 países participantes, incluindo o Brasil, para defender a saúde da mulher, o fortalecimento da família e a proteção da vida humana desde a concepção até a morte natural.

Saudado pela mídia internacional como “o primeiro presidente de esquerda da Colômbia”, Gustavo Petro priorizou entre as primeiras medidas do seu primeiro mês de mandato a retirada do país do Consenso de Genebra. Trata-se de uma pressa maior ainda que a demonstrada pelo seu par norte-americano Joe Biden, que, igualmente, abandonou o compromisso pró-vida já em fevereiro de 2021 – ele havia tomado posse no mês anterior.

O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia declarou, via rede social:

“De acordo com a constituição política e com a jurisprudência da Corte Constitucional, o direito ao aborto legal e seguro é parte integrante e indivisível dos direitos sexuais e reprodutivos e da saúde sexual e reprodutiva da mulher”, que o governo “reconhece, protege e respeita”.

Jaime Urrego, do Ministério da Saúde, acrescentou que a gestão de Gustavo Petro pretende implementar dentro dos primeiros 100 dias de governo os serviços abortivos no país. Em fevereiro deste ano, a Corte Constitucional colombiana descriminalizou o aborto até a 24ª semana de gestação.

Sobre a pressa pró-aborto do novo governo de esquerda na Colômbia, Urrego afirmou:

“Vamos traçar um percurso muito rápido para que, nos primeiros cem dias, haja notícias que comecem a indicar que o rumo indicado junto à Corte não é brincadeira, mas que estamos comprometidos em cumpri-lo, assim como o presidente Gustavo Petro. Esta é uma luta cultural: encontramos resistência em todas as esferas da sociedade. O diálogo e a aplicação da norma devem ir além da norma, para que possamos garantir muito rapidamente o direito de decidir para todas as mulheres”.

Tags:
AbortoIdeologiaPolíticaVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia