Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 03 Outubro |
Santos André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Mateus Mo...
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

A poderosa mensagem que Serena Williams transmite ao anunciar sua aposentadoria

Serena Williams durante partida no US Open Tennis Championships 2022

COREY SIPKIN / AFP

Serena Williams durante a partida contra a montenegrina Danka Kovinicna na abertura do US Open 2022

Beatriz Camargo - publicado em 30/08/22 - atualizado em 31/08/22

Tenista se despede das quadras durante o US Open após declarar que atenderá o pedido da filha Olympia, que deseja ter um irmão

O início do US Open Tennis Championships 2022 ganhou ainda mais destaque na imprensa esportiva após a Serena Wiliams anunciar sua aposentaria no início do mês.

Além de impulsionar a venda de ingressos daquela que é a segunda mais tradicional competição mundial de tênis, a esportista também causou polêmica com declarações que evidenciavam como foi difícil a decisão de se despedir das quadras.

“Se eu fosse um homem, não estaria escrevendo isso porque estaria lá jogando e ganhando enquanto minha esposa estava fazendo o trabalho físico de expandir nossa família”, escreveu Serena Williams em artigo reproduzido na edição de setembro da Vogue norte-americana.

O desabafo tem um ar de frustração. A última vez que saiu vitoriosa de um campeonato foi em 2017, quando venceu o Australian Open grávida da filha Olympia.

View this post on Instagram

A post shared by Serena Williams (@serenawilliams)

Planos de gravidez aos 41 anos

Agora, a garotinha pede por um irmão e Serena, então, resolveu ceder à pressão do relógio biológico.

“Talvez eu seria mais como Tom Brady se tivesse essa oportunidade. Não me entenda mal: eu amo ser mulher e adorei cada segundo de estar grávida de Olympia… Mas estou fazendo 41 anos este mês, e algo tem de acontecer”, declarou em seu polêmico texto.

Mesmo entre os cinco profissionais de tênis mais bem pagos do mundo, Serena Williams escolheu se dedicar plenamente à família e vivenciar uma nova gravidez sem a pressão que a rotina de treinos, viagens e torneios impõe.

Mas, o que aparentemente a tenista omitiu em suas declarações, é o poder de transformação da maternidade.

Provavelmente, Serena colocou na balança o custo emocional que sua volta as quadras teria. E o quanto isso a afastaria da ideia de aumentar a família.

Puerpério difícil

Serena Williams nunca escondeu do público suas dificuldades com a maternidade, incluindo a depressão pós-parto que enfrentou após o nascimento da filha.

Frente as dificuldades com o puerpério, lesões e derrotas no saibro, a tenista sempre procurou compartilhar mensagens que pudessem impactar positivamente outras mulheres.

Uma das mais postagens mais marcantes ocorreu em 2018, após enfrentar a pior derrota de sua carreira numa partida contra a britânica Johanna Konta.

Na época ela escreveu:

“É totalmente normal sentir que não estou fazendo o suficiente para o meu bebê. Eu trabalho muito, treino e estou tentando ser a melhor atleta na medida do possível. No entanto, isso significa que apesar de ter estado com ela todos os dias da sua vida, não estou por perto tanto quanto gostaria de estar. A maioria de vocês, mães, lidam com a mesma coisa. Seja em casa ou trabalhando, encontrar esse equilíbrio com as crianças é uma verdadeira arte. Vocês são verdadeiras heroínas”.

Adeus às quadras

Antes de Olympia nascer, Serena Williams era imbatível. Ao longo de cinco anos consecutivos, ela ocupou o primeiro lugar no ranking mundial de tênis feminino.

E assim como milhares de outras mulheres que optam por priorizar os filhos e a família, a jogadora sente o peso de deixar a carreira construída com muito esforço e dedicação.

É impossível não existir em seu ego um grande apego à fama e à glória do passado. Em meio ao US Open ela provavelmente revive o saudosismo dos inúmeros momentos de emoção que viveu a cada vitória.

Mas criar um filho é uma experiência única, uma bênção, e toda mulher que tem a oportunidade de acompanhar de perto o desenvolvimento do filho sabe que é privilegiada.

Serena Williams está ciente disso, mas se despede dos fãs de forma resignada. Teve seu apogeu como atleta e agora terá oportunidade de vivenciar o auge como mãe.

Tags:
CelebridadesFamíliaMaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia