Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 04 Outubro |
São Francisco de Assis
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Autoridades retiram capela católica do principal aeroporto da Colômbia

Capela do principal aeroporto da Colômbia é fechada

Francisco Vêneto - publicado em 30/08/22 - atualizado em 30/08/22

Ações ideológicas marcam semanas iniciais do primeiro governo de esquerda no país

Autoridades determinaram a retirada da capela católica instalada havia anos no principal aeroporto da Colômbia, o Eldorado, em Bogotá. Administrada pela arquidiocese da capital colombiana, a pequena capela tinha uma imagem de Nossa Senhora de Loreto, padroeira dos aviadores, e contava com o privilégio da exposição do Santíssimo Sacramento a quem desejasse adorá-lo.

As autoridades em questão são da prefeitura de Bogotá, cuja secretaria de governo solicitou a retirada da capela à OPAIN, empresa privada que detém a concessão para administrar o aeroporto.

A OPAIN, por sua vez, informou em comunicado que a retirada da capela teria sido executada com a permissão da arquidiocese de Bogotá, mas o bispo de Fontibón, dom Juan Vicente Córdoba, negou esta versão e denunciou que a decisão final foi da própria OPAIN, sem diálogo com a Igreja:

“A OPAIN poderia ter nos deixado ficar. A OPAIN é uma instituição privada que administra o aeroporto e tem autonomia para dizer sim ou não. Foi a OPAIN que acabou retirando a Igreja Católica. Nós saímos porque nos mandaram sair. Não quiseram dialogar. Tivemos uma reunião que foi apenas para nos notificar – e continuaram notificando para que saíssemos. Não houve diálogo. O contrato dizia até 2037. Como eles são autônomos, podem suspendê-lo, mas também poderiam ter nos deixado ficar. Foi a OPAIN que nos tirou de lá. Foi a secretaria de governo da prefeitura que pediu para nos tirar. Ambos têm a ver com a saída da Igreja Católica do aeroporto, mas a OPAIN e sua diretoria poderiam ter nos deixado ficar”.

Capilla-aereopuerto-cec.org_.co_.jpg

Segundo a Prefeitura de Bogotá e a OPAIN, a capela católica será transformada em espaço ecumênico.

A Igreja Católica não faz oposição alguma à criação de um espaço ecumênico no aeroporto, mas questiona que, para isto, seja retirada unilateralmente a capela católica já presente no local e aberta a todos. De fato, há uma diferença que deveria ser autoexplicativa entre ampliar direitos de uma parcela da população e retirar direitos da maioria da população em nome de uma suposta não-discriminação.

O próprio conceito de laicidade do Estado é tergiversado nesse tipo de caso: um Estado é laico quando respeita igualmente todas as religiões em conformidade com a constituição e a legislação, e não quando restringe uma religião alegando a não-discriminação das outras.

Dom Juan Vicente Córdoba enfatiza sobre o fechamento da capela católica no principal aeroporto da Colômbia:

“Nós denunciamos isso porque eles não nos permitem evangelizar e atender as pessoas que querem se aproximar da paz de Deus em um aeroporto e agora não podem fazê-lo porque há quem diga não. Aqueles que disseram não têm de prestar contas a Deus”.

A senadora católica María del Rosario Guerra também denunciou via rede social:

“A prefeita Claudia López persegue a Igreja Católica e seus fiéis e restringe a liberdade religiosa com sua exigência de que o aeroporto Eldorado remova a capela católica que há muitos anos está lá. Que precedente ruim”.

A prefeita, no entanto, respondeu alegando que a decisão foi autônoma da administração do aeroporto.

Ações ideológicas têm marcado as semanas iniciais do primeiro governo de esquerda no país. Uma delas, realizada menos de 30 dias após a posse do presidente Gustavo Petro, foi a retirada da Colômbia do Consenso de Genebra, um compromisso pró-vida que o país tinha assumido havia meros três meses, em maio deste ano. Saiba mais:

Tags:
IdeologiaPolíticaReligiãoSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia