Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 28 Setembro |
São Vicente de Paulo 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Revista de imprensa: Contracepção: qual é o plano da Academia Pontifícia para a Vida?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
BIRTH CONTROL,CONTRACEPTION

Shutterstock

I.Media para Aleteia - publicado em 01/09/22 - atualizado em 01/09/22

O seu resumo das principais notícias do dia! Uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

Quinta-feira, 1 de Setembro de 2022

  1. Contracepção: qual é o plano da Academia Pontifícia para a Vida?
  2. O Papa no Cazaquistão, uma visita para estimular a Igreja na Ásia Central
  3. Vaticano: a história por detrás da colossal estátua de Jesus que se ergue da destruição nuclear

1Contracepção: qual é o plano da Academia Pontifícia para a Vida?

Comentando a controvérsia em torno das palavras do Arcebispo Vincenzo Paglia descrevendo uma lei de 1978 descriminalizando o aborto como um “pilar” da “vida social” italiana, o website americano The Pillar diz que “este não é um momento comum para a Pontifícia Academia para a Vida”. O website faz essa observação no contexto do lançamento do do livro intitulado “Ética Teológica da Vida”, que visa “introduzir uma mudança de paradigma” no debate teológico da Igreja sobre sexualidade e contracepção. Especula-se que o Papa Francisco possa estar a preparar um novo documento que aborda os ensinamentos da Igreja sobre a imoralidade da contracepção artificial. Mas segundo fontes do The Pillar, a Academia Pontifícia lançou uma iniciativa estratégica mais ampla: teólogos e académicos do Instituto João Paulo II querem provocar uma resposta do Papa no sínodo dos bispos de 2023 sobre a sinodalidade. O objetivo seria “minar a afirmação da moralidade objetiva da encíclica Veritatis Splendor, de João Paulo II”, e eventualmente ter “uma nota de rodapé, talvez – que relativizasse a Humanae Vitae no campo da consciência”. Uma hipótese que se refere à famosa nota de rodapé em Amoris Laetitia, em 2016. Embora tudo isto possa parecer “conspiração”, o The Pillar acredita que o Papa já pontuou a discussão, ao dizer no mês passado, no seu regresso do Canadá, que “o dogma, a moralidade, ainda está num processo de desenvolvimento, mas desenvolvimento na mesma direção”.

The Pillar, inglês

2O Papa no Cazaquistão, uma visita para estimular a Igreja na Ásia Central

“A visita do Santo Padre a este belo país multi-fé, penso eu, será certamente um bom exemplo de cooperação frutuosa para todos”, diz o cardeal da Mongólia, Giorgio Marengo, sobre a próxima viagem do Papa Francisco ao Cazaquistão, de 13 a 15 de Setembro. O Prefeito Apostólico de Ulaanbaatar, de 48 anos, o membro mais jovem do Colégio dos Cardeais, diz ter grandes expectativas para a visita. Saudando “a maravilhosa tradição do Cazaquistão de unir as pessoas e desenvolver uma consciência da importância da paz, harmonia e respeito mútuo num momento tão difícil”, espera que a visita do chefe da Igreja Católica tenha “um impacto positivo noutros países da região, incluindo a Mongólia, mesmo que estejamos um pouco distantes”. E que será “um bom exemplo de como a Igreja Católica enfatiza o diálogo inter-religioso, em cooperação com pessoas de diferentes religiões”. O prelado falou também dos desafios da missão num país onde “tornar-se católico não é visto como algo comum”. “É preciso ser muito determinado e corajoso para tomar esta decisão de vida”, diz ele.

UCA News, inglês

3Vaticano: a história por detrás da colossal estátua de Jesus que se ergue da destruição nuclear

Qualquer peregrino que já tenha assistido a uma audiência com o Papa na Sala Paulo VI no Vaticano terá notado. O website da revista jesuíta America explica a presença da estranha escultura de bronze, de 20 metros por 7 metros e 3 metros de altura, colocada atrás da cadeira do pontífice: “O escultor Pericle Fazzini concebeu a peça ‘A Ressurreição’ para representar Jesus emergindo da explosão de uma bomba nuclear”. Esta obra de arte foi encomendada a pedido pessoal de Paulo VI em 1970 e foi inaugurada em 1977. É testemunho de uma “era de medo generalizado da aniquilação nuclear”, e é um dos sinais mais fortes do compromisso da Santa Sé contra as armas nucleares. A estátua não reúne aprovação unânime, mesmo para além da sua dimensão estética. A ativista americana anti-nuclear Martha Hennessy interroga-se se esta escultura torna realmente as pessoas “mais conscientes dos horrores da aniquilação nuclear” ou se, pelo contrário, participa numa forma de dessensibilização generalizada sobre o assunto. A revista America recorda que o Papa Francisco não deixou recentemente espaço para interpretação, considerando claramente a posse de um arsenal nuclear “imoral”.

America, inglês

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
GravidezSaúdeVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia