Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 27 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Setembro amarelo: é tempo de acolher e amar a sua alma

SUNFLOWERS

Ylanite Koppens | Pexels CC0

Talita Rodrigues - publicado em 05/09/22

Suicídio nada mais é do que a perda de sentido e de propósito diante da vida. É preciso, portanto, ficarmos atentos aos seus sinais

No Brasil, o “setembro amarelo” é um mês dedicado à disseminação de informações, a fim de prevenir o suicídio.

Suicídio, de fato, nada mais é do que a perda de sentido e de propósito diante da vida. É preciso, portanto, ficarmos atentos aos seus sinais, inclusive, observar se eles atingem quem está próximo de você.

Pensamentos: Pensamentos remoídos obsessivamente, sem esperança e concentração são um dos primeiros indícios do suicida, assim como enxergar a vida como algo sem sentido ou propósito;

Humor: Alterações extremas no humor podem sinalizar emoções suicidas. Excesso de raiva, sentimento de vingança, ansiedade, irritabilidade e sentimentos intensos de culpa ou vergonha são sinais aos quais você deve ficar atento.

Avisos: Frases como “a vida não vale a pena”, “estou tão sozinho que queria morrer” ou “você vai sentir a minha falta” estão diretamente ligadas a pensamentos sobre a morte. Se a pessoa se sente um fardo, busque ajuda;

Desapego: Caso você perceba que a pessoa está começando a “fechar pontas soltas”, doar seus pertences e até visitar vários entes queridos, faça uma intervenção o mais rápido possível;

Irresponsabilidade: Comportamentos irresponsáveis e perigosos, sem medir as consequências, como o uso excessivo de álcool e drogas, direção imprudente e sexo sem proteção são indícios de que a pessoa já não dá a importância devida a própria vida;

Mudança na rotina: Todo mundo tem um lugar que gosta de frequentar em especial, então repare em mudanças extremas na rotina. Caso a pessoa pare de ir a locais que sempre gostou de visitar, tome uma medida o mais rápido possível. Abandonar atividades que lhe davam prazer é um grande sinal de alerta.

Todo mundo tem um lugar que gosta de frequentar em especial, então repare em mudanças extremas na rotina. Caso a pessoa pare de ir a locais que sempre gostou de visitar, tome uma medida o mais rápido possível. Abandonar atividades que lhe davam prazer é um grande sinal de alerta.

Fique atento: paciência e diálogos salvam vidas. Portanto, se você sente ou percebe os aspectos citados acima, busque ajuda!

É tempo de acolher e de amar a sua alma. 

Se você gostou deste conteúdo, clique aqui e siga a psicóloga Talita Rodrigues no Instagram

Tags:
MortePsicologiaSaúdeSuicídio
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia