Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Setembro |
São Cosme e São Damião
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

J.R.R. Tolkien poderia ser declarado santo?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
TOLKIEN

Shutterstock-Anna Tochennikova

Philip Kosloski - publicado em 12/09/22

Enquanto a nova série "Os Anéis do Poder", baseada no universo de "O Senhor dos Anéis", é um dos pontos altos do ano, a questão da beatificação - ou mesmo canonização - do seu autor, J.R.R. Tolkien, está de volta aos holofotes

Oito anos após a trilogia de “O Senhor dos Anéis”, que deu vida às obras do autor inglês J.R.R Tolkien, uma nova série transmitida no Prime Video, “Os Anéis do Poder”, teve um início histórico na plataforma e é, por sua vez, um grande sucesso junto de público. Esta é uma oportunidade para (re)descobrir a vida exemplar do autor britânico J.R.R Tolkien. Um cristão devoto, cuja causa de santidade pode um dia ser aberta.

Nascido em 1892 e educado em Oxford, J.R.R. Tolkien lutou na Primeira Guerra Mundial como tenente. Ele testemunhou muita carnificina, incluindo a terrível Batalha do Somme, que mais tarde inspirou algumas das grandes batalhas de “O Senhor dos Anéis”.

Traumatizado, foi desmobilizado por razões de saúde e começou a escrever ficção, “O Hobbit” e os dois primeiros volumes da trilogia de “O Senhor dos Anéis” em 1925, seguido pelo terceiro volume, “O Retorno do Rei”, concluído em 1955.

Em Oxford, o escritor pertencia a um pequeno grupo de professores conhecido como “The Inklings”, uma palavra que significa “pequenas ideias”, referindo-se às ideias de sabedoria espiritual e literária que os interessavam. A dúzia de membros deste clube, que também incluía o seu colega anglicano C.S. Lewis, reunia-se para discutir história, literatura, fantasia, mitologia, linguagem – todas as áreas que tentavam abordar nas suas palestras e livros.

Missa diária

O escritor levou uma vida muito devota, indo à Missa todos os dias, com uma particular devoção à Eucaristia. Quando o seu filho Michael estava a passar por dificuldades pessoais, Tolkien exortou-o a recorrer à Eucaristia numa bela carta. “Das trevas da minha vida, tão frustrado, ofereço-vos a única grande coisa para amar na terra: o Santíssimo Sacramento… Encontrareis aventura, glória, honra, fidelidade e o verdadeiro caminho para todos os vossos amores na terra”.

Após a sua morte em 1971, muitos estudiosos literários e religiosos reconheceriam a verdadeira influência da fidelidade do autor ao cristianismo na sua própria ficção, e a sua vontade de se voltar para uma verdade divina.

Estado da causa de canonização

Face a esta vida piedosa e sua profunda mensagem, nos anos 2000, um padre italiano, Padre Daniele Pietro Ercoli, contatou o Arcebispo de Birmingham, Inglaterra, para discutir a possibilidade de abrir uma causa para a canonização de J.R.R. Tolkien.

A resposta do arcebispo inglês foi inequívoca. “Tenho o prazer de encorajá-lo a procurar informar mais amplamente as pessoas sobre a fé católica de J.R.R. Tolkien e a influência que teve na sua escrita e na sua vida… Sugiro que possa estar aberto a si para compor uma oração a ser distribuída para uso privado e pessoal e, se alguma vez for aberta uma causa, podemos então redigir uma oração apropriada”.

A 2 de Setembro de 2017, para assinalar o aniversário da morte de Tolkien, é celebrada uma missa em Oxford, na antiga igreja paroquial de Tolkien (dedicada a S. Luís), na presença da sua neta.

A Missa foi oferecida na intenção de se rezar “para que a sua causa de beatificação pudesse ser aberta”. No ano seguinte, em Setembro de 2018, realizou-se então em Oxford uma “conferência de canonização”, na esperança de reavivar o interesse na causa.

Desde então, não tem havido progressos no sentido da abertura de uma causa oficial. No entanto, uma coisa é certa: o interesse nas obras de Tolkien está de volta aos holofotes com a nova série, e pode muito bem reavivar o interesse pelo autor cristão.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
ArteCinemaSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia