Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 03 Outubro |
Santos André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Mateus Mo...
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Papa Francisco se diz pronto para histórica visita à China

Papa Francisco embarca no avião para o Cazaquistão

ANDREAS SOLARO | AFP

Francisco Vêneto - publicado em 13/09/22

A Igreja Católica ainda vive sob forte perseguição do regime comunista de Pequim

O Papa Francisco se disse pronto para uma histórica visita à China, um dos países em que os cristãos mais sofrem perseguição no mundo. O Papa fez a afirmação a bordo do voo que o levou nesta terça ao Cazaquistão, onde também realiza uma visita histórica.

O jornalista Loup Besmond, do jornal católico francês La Croix, perguntou a Francisco sobre a possibilidade de encontrar o presidente chinês Xi Jinping, que também está no Cazaquistão. O pontífice respondeu que não tem novidades sobre o assunto, mas emendou que está pronto para ir à China.

Em julho, o Papa havia declado boas expectativas na renovação do acordo provisório entre a Santa Sé e a China sobre a nomeação de bispos católicos. Trata-se de um documento assinado em setembro de 2018 e renovado em outubro de 2020, com termos que nunca foram divulgados. Em setembro de 2021, a Santa Sé confirmou a ordenação do sexto bispo católico nos termos do acordo, sendo que sete bispos nomeados anteriormente pelo governo chinês foram regularizados pela Santa Sé.

O Partido Comunista da China obriga os católicos, sejam leigos, sejam clérigos, a se filiarem à assim chamada Associação Católica Patriótica Chinesa, que de católica tem apenas o nome. É um órgão da ditadura chinesa que serve para controlar ferrenhamente os católicos e evitar que eles obedeçam mais a Roma do que a Pequim. O acordo da Santa Sé com a China visa manter suficientes relações diplomáticas com o regime comunista para evitar uma perseguição ainda maior contra os cristãos no país. Mesmo assim, as vexações e restrições aos católicos são corriqueiras – estima-se que, sem o acordo, seriam piores ainda.

A Santa Sé também deseja, com o acordo, eliminar a separação entre a “Igreja patriótica” e a Igreja Católica real, na tentativa de superar a clandestinidade em que tem de viver desde a revolução comunista de 1949.

Tags:
comunismoIdeologiaIgreja CatólicaPapa FranciscoPerseguiçãoPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia