Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Camilla Parker Bowles é católica?

Camilla Parker Bowles

ComposedPix | Shutterstock

Adriana Bello - publicado em 16/09/22

A ascensão de Charles III ao trono da Inglaterra fez com que muitos se questionassem sobre a religião da rainha consorte

Com a notícia de que a rainha Elizabeth II expressou seu desejo de que Camilla Parker Bowles fosse reconhecida como rainha consorte no dia em que o príncipe Charles subisse ao trono, começaram a surgir especulações sobre a fé dela.

Camilla foi batizada na Igreja Firle, em Sussex. Trata-se de uma igreja anglicana. No entanto, seu primeiro casamento (em 1973) foi com Henry Parker Bowles, um homem profundamente católico (com quem a princesa Anne, filha única da rainha Elizabeth II, teve um breve caso antes, mas com quem foi forçada a terminar justamente por causa de sua religião).

A cerimônia de casamento do Sr. Parker Bowles e Camilla foi realizada sob o rito católico na que era então chamada de Capela Real Militar (agora conhecida como Capela da Guarda). Entretanto, não há nenhum registro de que Camilla tenha se convertido ao catolicismo.

Deste casamento, que foi dissolvido em 1994, nasceram Tom e Laura Parker-Bowles, ambos de criação católica, especialmente sob a influência da avó paterna, Ann Parker Bowles.

Respeito ao Papa

Um fato curioso é que o casamento do então príncipe Charles com Camilla Parker seria no dia 8 de abril de 2005, mas eles tiveram que adiar um dia, pois coincidia com o funeral de São João Paulo II. O príncipe Charles foi ao funeral representando a coroa inglesa.

story-5-the-farmer-story.jpg
Camila Parker Bowles.

Vestida com cores claras

No funeral, Camilla estava vestida com cores claras quando ela e o príncipe Charles (agora rei Charles III) conheceram o Papa Francisco pela primeira vez. De acordo com o protocolo, somente rainhas católicas podem usar branco diante do Sumo Pontífice. Caso contrário, as mulheres devem vestir roupas pretas.

A decisão de Camilla teve mais a ver com a posição do Papa de não ser tão rigoroso com esses códigos de vestimenta. Além disso, o tom da sua roupa não era um branco puro – e Charles ainda não era rei.

Anteriormente, quando se encontraram com o Papa Bento XVI, ela se vestia de preto e usava um véu.

Rainha católica no futuro?

A lei sucessória da monarquia do Reino Unido mudou em 2013. Uma das mudanças é que o herdeiro do trono não é mais o primeiro filho homem do monarca (no caso da rainha Elizabeth II não se aplicava porque o rei George VI só tinha meninas), mas simplesmente ser o primeiro bebê, seja masculino ou feminino. Agora também se permite que o cônjuge possa ser católico.

Claro que, por enquanto, o monarca, como chefe da Igreja Anglicana, não pode ser católico. Isso é especialmente esclarecido pela questão dos filhos, caso haja um casamento real com as duas religiões. Então, no futuro, pode haver uma rainha consorte católica ou um príncipe consorte católico na Inglaterra…

Tags:
CasamentoEuropaReligião
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia