Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 04 Outubro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Espanha: propaganda de turismo mostra casal dançando em cima de altar

JESUS

ZWIEBACKESSER | SHUTTERSTOCK

Francisco Vêneto - publicado em 20/09/22 - atualizado em 20/09/22

Segundo mídia local, pároco permitiu gravação sem conhecimento do bispo

De fato, a diocese de Calahorra e La Calzada-Logroño qualificou as imagens como “ofensivas” e pediu às autoridades da província de La Rioja que as retirem do vídeo intitulado “Eso que sientes es La Rioja” (Isso que você está sentindo é La Rioja).

Um vídeo promocional de turismo na Espanha mostra um casal dançando em cima de um altar numa igreja católica da cidade de La Unión, em La Rioja. De acordo com a agência de notícias EFE e o jornal El Debate, a gravação foi permitida pelo pároco, mas sem o conhecimento do bispo.

A peça, que dura pouco mais de um minuto, alega promover o turismo na região – mas resta saber que tipo de turismo. Entre cenas supostamente do cotidiano de La Rioja, aparecem também imagens de um homem se maquiando e outros dois se beijando, além do casal que dança em cima do altar.

Segundo a agência ACI Prensa, a diocese se pronunciou em comunicado veiculado na última sexta, 16:

“Lamentamos que, no vídeo ‘Eso que sientes es La Rioja’, publicado pelo governo de La Rioja para promover o turismo em nossa comunidade, apareçam dançarinos no altar de uma igreja paroquial em nossa diocese, o que é ofensivo para a nossa religião católica. Pedimos à autoridade competente do governo de La Rioja que elimine as imagens que não correspondem ao respeito que caracteriza o povo de La Rioja”.

O comunicado também faz menção à indevida permissão que havia sido dada às gravações dentro da igreja:

“A violação do nosso protocolo para estas atividades por parte dos responsáveis ​​pelo vídeo causou este infeliz incidente que esperamos que seja imediatamente corrigido”.

Não é a primeira vez que uma igreja na Espanha é usada como palco de vídeos ofensivos aos católicos. No ano passado, o videoclipe da música “Ateo” (“Ateu”, em português) foi gravado em plena catedral de Toledo, o que levou o arcebispo dom Francisco Cerro Chaves a pedir desculpas aos fiéis pelo “uso indevido de um lugar sagrado”. Confira:

Tags:
IdeologiaIgrejaPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia