Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Não confunda cruz e crucifixo: saiba qual é a diferença

Jezus na krzyżu

Matías Medina | Cathopic CC0

Francisco Vêneto - publicado em 20/09/22

É importante que o católico tenha a consciência do que eles simbolizam

A cruz e o crucifixo são símbolos cristãos, mas não se referem ao mesmo conceito.

Crucifixo

A palavra crucifixo vem da frase latina “cruci fixus“, que quer dizer “fixado na cruz”. Refere-se a Jesus Cristo pregado à cruz no Calvário. Um crucifixo, portanto, não é apenas a cruz sozinha, mas a cruz com a representação de Cristo afixado a ela.

É um símbolo extremamente forte do auge do sacrifício de Jesus pela salvação da humanidade – e não deve ser usado de modo superficial e irresponsável. Usar um crucifixo é carregar consigo uma lembrança física do amor sem limites de Deus por nós, a ponto de abraçar a dolorosíssima Paixão para nos resgatar.

O crucifixo é um símbolo cristão diretamente associado à Igreja Católica, já que, na sua grande maioria, as denominações protestantes costumam usar apenas a cruz em vez do crucifixo.

Muitos crucifixos católicos trazem a sigla “INRI”, que, em latim, abrevia “Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum“, ou seja, “Jesus Nazareno, Rei dos Judeus”.

Cruz

A cruz se tornou um símbolo universal do cristianismo, embora, em sentido estrito, o termo se refira apenas ao instrumento, sem incluir a representação do corpo de Cristo pregado a ela.

Como instrumento, a cruz é nada menos que uma forma de tortura tragicamente empregada pelos romanos para castigar e executar condenados. Jesus Cristo morreu na cruz em atroz sofrimento. Por isso mesmo, muitas denominações protestantes alegam que o crucifixo não deve ser usado como símbolo da fé cristã, já que Cristo ressuscitou e não está mais pregado à cruz.

O católico deve usar a cruz ou o crucifixo?

Os católicos certamente acreditam na Ressurreição – afinal, a própria Escritura afirma que, se Cristo não ressuscitou, vã é a nossa fé. Entretanto, os católicos também reconhecem que a Ressurreição coroa o sacrifício de Cristo na cruz, que nos remiu do pecado e, portanto, jamais deve ser esquecido nem dissociado da glória da Ressurreição.

Tanto a cruz quanto o crucifixo são símbolos cristãos que podem perfeitamente ser usados pelos católicos. O importante é que os católicos tenham a consciência do que eles simbolizam e, principalmente, da unidade do mistério da Redenção: não existe Ressurreição sem cruz, nem existe sentido na cruz se não for em vista da Ressurreição.

Tags:
CruzIgrejaJesusPaixão
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia