Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 28 Setembro |
Santa Eustóquio
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que a presença do príncipe George e da princesa Charlotte no funeral da rainha pode nos ensinar

Princess-Charlotte-and-Prince-George-Funeral-of-Britains-Queen-Elizabeth-II-AFP

Photo by HANNAH MCKAY / POOL / AFP

Cerith Gardiner - publicado em 20/09/22

As crianças - não só as da realeza - devem participar de funerais?

No dia do funeral da rainha Elizabeth II, entre os muitos convidados havia dois participantes notáveis: o príncipe George, de nove anos, e a princesa Charlotte, de sete.

O público ficou sabendo na noite anterior ao funeral que os dois filhos mais velhos do príncipe William iriam à Abadia de Westminster para se despedir de sua bisavó, ou “Gan-Gan ”, como a chamavam carinhosamente.

A decisão de levar os filhos ao funeral não foi fácil para os pais, especialmente após a dolorosa experiência do próprio príncipe William de seguir o caixão de sua mãe aos 15 anos anos de idade.

No entanto, com os olhos do mundo sobre esses dois jovens membros da realeza, a dupla apareceu na Abadia de Westminster e pareceu lidar bem com o momento. Depois, eles também foram ao Castelo de Windsor para a cerimônia sepultamento rainha.

Houve toques tranquilizadores no joelho, mãos dadas e outras técnicas para oferecer apoio de seus pais e outros membros família real. E, em troca, os dois se comportaram impecavelmente e pareciam absorver a importância da ocasião.

Princesa Charlotte e príncipe George no funeral da rainha Elizabeth II

Crianças devem participar de funerais?

A presença de George e Charlotte levantou a questão: crianças devem realmente comparecer a funerais em geral?

Depois do funeral da rainha, podemos ver como é importante para os jovens – especialmente aqueles que conseguem manter a calma – despedirem-se de seus entes queridos.

Este dia proporcionará a George e Charlotte lembranças do quanto a bisavó deles era amada. Eles entenderão como a família deve se unir na dor, a fim de oferecer força e amor uns aos outros. E o mais importante: se puderem acompanhar o culto, terão a certeza de saber que a vida eterna da bisavó está apenas começando, e que ninguém deve temer a morte.

É claro que a ocasião foi muito emocionante e deve ter sido exaustiva para os jovens da realeza. Porém, como acontece com qualquer criança que vai a um funeral, se ela estiver bem preparada poderá homenagear seus entes queridos, agradecer a eles e rezar para que um dia eles se reencontrem.

Tags:
Elizabeth IIfamília realMorte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia