Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 06 Outubro |
São Bruno
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Bispos da Bélgica vão mesmo abençoar uniões homossexuais?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
COUPLE-GAY-shutterstock_789065464.jpg

Shutterstock I DGLimages

Reportagem local - I.Media para Aleteia - publicado em 21/09/22

Poucas horas após a publicação de um comunicado em que pareciam conceder bênção a uniões de pessoas do mesmo sexo, os bispos flamengos asseguraram que quiseram apenas propor uma oração "com pessoas homossexuais"

“Os bispos flamengos, juntamente com o Cardeal De Kesel, quiseram criar um ponto de acolhida local para que os homossexuais se sentissem bem-vindos na Igreja”, disse o Padre Tommy Scholtes, porta-voz do Conferência Episcopal Belga, à agência I.Media algumas horas após a surpreendente publicação de um comunicado de imprensa que parecia propor uma bênção sem precedentes para a as uniões de pessoas do mesmo sexo.

Em um documento de três páginas, os bispos flamengos sugeriram uma oração, especificando que ela não deveria ser semelhante ao que a Igreja Católica entende por “casamento sacramental”.

A proposta inclui um momento em que “as duas pessoas envolvidas […] expressam seu compromisso um com o outro diante de Deus”.

Os dois porta-vozes da Conferência Episcopal Belga garantiram à I.Media que os bispos flamengos não estão, de fato, abençoando as uniões de pessoas do mesmo sexo, mas apresentando uma proposta de oração com elas: “Os bispos querem acolher, mas não querem absolutamente ir além de Amoris Laetitia que eles apoiam plenamente”, insistiu o Padre Tommy Scholtes, com o respaldo do bispo Herman Cosijns, secretário-geral da Conferência Episcopal Belga.

Não é uma “bênção nupcial”

A liturgia proposta pelos bispos flamengos também inclui outra oração recitada pela comunidade em torno de duas pessoas homossexuais, assim como a leitura das Escrituras e a oração do Pai Nosso. Finalmente, está previsto que este tempo de oração seja concluído com uma “bênção”. O Padre Scholtes afirmou, entretanto, que não se trata de uma “bênção nupcial”, mas uma bênção no final de uma oração.

Em uma “Resposta” da Congregação para a Doutrina da Fé datada de 22 de fevereiro de 2021, ficou claro que os membros da Igreja Católica não têm poderes para conceder bênçãos litúrgicas às uniões homossexuais. O dicastério justificou esta decisão explicando que não é possível “aprovar e encorajar uma escolha e prática de vida que não pode ser reconhecida como objetivamente ordenada aos desígnios revelados de Deus”.

Precedentes na Bélgica

Recentemente, outras dioceses belgas propuseram formas de acolher casais homossexuais que desejam confiar suas vidas a Deus. No final de 2021, a diocese de Liège publicou um folheto no qual é proposto um tempo de oração para um casal homossexual. Esta oração é dirigida por uma pessoa treinada, “um sacerdote, um diácono, um religioso ou qualquer outro leigo preparado para este fim pelo reitor ou pároco da unidade pastoral”.

Vale dizer que os bispos flamengos, juntamente com seus colegas de língua francesa, estarão em Roma de 21 a 26 de novembro para sua visita ad limina. Eles se encontrarão com o Papa Francisco e visitarão vários dicastérios da Cúria Romana, incluindo o da Doutrina da Fé.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
casalhomossexuaisIgreja CatólicaOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia