Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

“Economia de Francisco”: pacto firmado por mil jovens empresários e economistas de 120 países

Economia de Francisco

Photo by Tiziana FABI / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 26/09/22

Participantes afirmam compromisso em favor de "nova economia" inspirada nos valores de São Francisco de Assis

Ao término do encontro “Economia de Francisco”, encerrado na Itália neste último sábado com a presença do Papa, mais de mil jovens empresários e economistas de 120 países assinaram um Pacto em favor de uma “nova economia” inspirada nos valores de São Francisco de Assis.

Eis o texto assinado pelos participantes:

“Nós, jovens economistas, empreendedores e agentes de mudança, chamados aqui a Assis de todas as partes do mundo, conscientes da responsabilidade que recai sobre a nossa geração, nos comprometemos hoje, individualmente e coletivamente, a dedicar a nossa vida para que a economia de hoje e de amanhã se transforme em uma economia do Evangelho; portanto:

uma economia de paz e não de guerra;

uma economia que confronta a proliferação das armas, especialmente as mais destrutivas;

uma economia que se preocupa com a criação e não a saqueia;

uma economia a serviço da pessoa, da família e da vida, respeitosa de toda mulher, homem, criança, idoso e, especialmente, dos mais frágeis e vulneráveis;

uma economia em que o cuidado substitui o descarte e a indiferença;

uma economia que não deixa ninguém para trás, para construir uma sociedade na qual as pedras descartadas pela mentalidade dominante se tornem pedras angulares;

uma economia que reconhece e protege o trabalho digno e seguro para todos, especialmente para as mulheres;

uma economia onde as finanças são amigas e aliadas da economia real e do trabalho e não contrárias a elas;

uma economia que sabe valorizar e preservar as culturas e as tradições dos povos, todas as espécies vivas e os recursos naturais da Terra;

uma economia que combate a miséria em todas as suas formas, reduz as desigualdades e sabe dizer, com Jesus e com Francisco, ‘bem-aventurados os pobres’;

uma economia guiada pela ética da pessoa e aberta à transcendência;

uma economia que cria riqueza para todos, que gera alegria e não apenas bem-estar, pois a felicidade não compartilhada é muito pouco;

Os jovens reafirmam neste Pacto: nós acreditamos nesta economia. Não é uma utopia, porque já estamos a construí-la. E alguns de nós, em manhãs particularmente luminosas, já vislumbram o início da terra prometida.

Assis, 24 de setembro de 2022

Economistas, empreendedoras, empreendedores, transformadores, estudantes, trabalhadores e trabalhadoras”.

Tags:
Doutrina Social da IgrejaEconomiaJovensJustiçaPapa FranciscoPolítica
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia