Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Nigéria: padre é sequestrado logo após celebrar Missa

église St Francis Xavier à Owo, dans l'État d'Ondo, au Nigeria

Aid to the Church in Need

L'église St Francis Xavier à Owo, dans l'État d'Ondo, au Nigeria.

Reportagem local - publicado em 21/10/22

Só em 2022, pelo menos 20 sacerdotes e outros membros da Igreja foram sequestrados no país

Mais um padre foi sequestrado na Nigéria. O Pe. Joseph Igweagu, pároco da paróquia de São José, no estado de Anambra, foi sequestrado “quando voltava à reitoria depois de celebrar uma Missa fúnebre em Umunnachi na quarta-feira, 12 de outubro”, disse a Arquidiocese de Onitsha em 16 de outubro.

 A arquidiocese pede aos fiéis que rezem pela “libertação incondicional” do padre e afirma estar fazendo “todo o possível para obter sua libertação”. A instituição ainda afirma: “Enquanto rezamos pela conversão de seus sequestradores, pedimos à nossa Mãe Maria, que desata todos os nós, que interceda por ele para que em breve seja libertado ileso”. 

O Estado de Anambra é uma das áreas afetadas pela onda de crimes de sequestro e extorsão. Mas a Igreja Católica na Nigéria não paga resgate, como explicou o arcebispo Ignatius Kaigama de Abuja em 2021. 

Desde o início de 2022, vários ataques atingiram igrejas na Nigéria. De acordo com a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN), só neste ano “20 padres e outros membros da Igreja Católica foram sequestrados, e alguns deles foram encontrados mortos”.

Tags:
PerseguiçãoReligiososViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia