Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 03 Dezembro |
São Birino de Dorchester
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Como deve ser o nosso diálogo com Deus

Homem rezando

Shutterstock

Mário Scandiuzzi - publicado em 23/10/22

Muitas vezes temos a sensação de que Deus não nos ouve, mas ele ouve - e podemos provar!

Tem uma música que diz assim: 

“O telefone de Deus é a oração. 

O telefone de Deus é joelho no chão. 

Disque uma vez, duas ou três. 

Se não atender, se não atender, 

Disque outra vez!” 

E foi isso que Jesus nos ensinou quando disse que “é necessário orar sempre, sem jamais deixar de fazê-lo” (Lucas 18, 1).  

Muitas vezes temos a impressão que a oração é uma coisa mágica, ou seja, que vamos rezar e que Deus vai realizar aquilo que estamos pedindo. Não se trata disso, mas sim de transformar nossa vida. 

Deus é amor, e não muda nunca. Ele quer o nosso bem, a nossa salvação. Ele sabe tudo aquilo que precisamos, antes mesmo que façamos nossos pedidos. 

A oração e a vontade de Deus

Mas nem sempre a nossa vontade é a vontade de Deus. A oração não vai transformar Deus. A oração vai transformar nosso coração, para conformá-lo à vontade do Pai, para que possamos entender os planos que Ele tem para nós. 

A perseverança na oração vai nos fortalecer, nos dar sabedoria para entender aquilo que Deus quer para nós, nos mostrar os caminhos que devemos seguir para fazer a Sua Vontade. É como nós rezamos no Pai Nosso: “Seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no Céu”. 

Muitas vezes temos a sensação de que Deus não nos ouve. Mas Ele ouve. O que ocorre é que muitas vezes o que pedimos não é para nossa salvação, nosso bem. Esse tempo de espera, de “demora” é para que nosso coração seja transformado para que possamos ver nossa vida como Ele vê. 

“Pedi e se vos dará”

Devemos pedir a Deus aquilo que nos é necessário, afinal Jesus mesmo disse: “Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede recebe. Quem busca, acha. A quem bate, abrir-se-á” (Mateus 7, 7-8). 

Mas também não podemos esquecer da oração de louvor, de agradecimento, de ação de graças. Desta forma estamos reconhecendo as bênçãos que Deus já derramou em nossa vida e preparando nosso coração para aceitar a Sua Vontade. 

Sigamos o que nos diz a música: se não atender, disque outra vez. 

Sejamos perseverantes na oração! 

Tags:
DeusEsperançaJesusOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia