Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

20% dos católicos não se sentem confortáveis em partilhar a sua fé

young group of men and women stand in a circle and prepare to have a group prayer outdoors

makasana photo / Shutterstock

Zoe Romanowsky - publicado em 04/11/22

Novo estudo revela o que as pessoas consideram útil quando se trata de crescer na fé. Veja:

Podemos pensar que alguém que está profundamente comprometido com sua fé se sentiria confortável em partilhá-la com outros. Mas não é necessariamente esse o caso.

Um novo estudo da DeSales Media em parceria com a Vinea Research revelou que 1 em cada 5 católicos não se sente preparado para partilhar a sua fé e deseja ter mais formação.

O estudo examinou mais de 3.200 pessoas que declararam a sua fé “central para as suas vidas”. A investigação foi feita entre Maio e Dezembro de 2021, em parceria com 22 organizações católicas, a maioria das quais está listada no relatório. 

“Há uma grande necessidade do trabalho de formação de discípulos motivados dentro das nossas comunidades. Muitas pessoas simplesmente não sabem a quem recorrer para adquirir as competências necessárias para falar livremente sobre a sua fé numa variedade de cenários”, disse Bill Maier, CEO da DeSales Media.

“Especialmente após a diminuição pós-pandémica da participação nas missas, precisamos urgentemente de levar as ferramentas certas às pessoas certas para que a fé na Igreja Católica de Jesus seja reacendida naqueles que se afastaram.”

Mas embora haja aqui uma necessidade importante identificada para os líderes ministeriais prestarem atenção, há também algumas boas e úteis notícias. A maioria dos inquiridos no estudo disse que reza diariamente e que os sacramentos são centrais para as suas vidas espirituais, e que os meios de comunicação impressos e digitais são uma componente integral disso.

Os meios digitais tais como websites, podcasts, e aplicações estão a tornar-se rapidamente ferramentas essenciais para os católicos de hoje, uma vez que a grande maioria citou algum tipo de meio digital como uma fonte chave de formação, DeSales Media notou no seu comunicado de imprensa.

Dave Plisky, Diretor de Produção e Inovação da DeSales Media, disse que o estudo pode ajudar aqueles que estão no ministério a “identificar e compreender a jornada espiritual dos discípulos motivados” e que mostra “como nós, como Igreja, podemos ajudar os católicos a formar relações mais profundas com Deus e com os outros”.

Houve outras descobertas chave no estudo. Os participantes expressaram uma “necessidade de crescimento nas áreas da humildade, ‘tomar a sua cruz,’ e realizar obras de misericórdia espiritual. Também expressaram a necessidade de oportunidades de retiro, direção espiritual, e a importância de ir mais frequentemente à confissão”.

Mesmo que não seja um líder ministerial, esta é uma grande informação a considerar para a sua própria vida espiritual e a da sua família. Como está a aprofundar a sua fé? Está a rezar diariamente? Como é que está a servir os outros? Há recursos disponíveis na sua paróquia, online, ou impresso, a que se pode recorrer?

Novembro é o mês em que a Igreja reflete sobre as últimas coisas, a fim de viver e morrer bem. É uma boa altura para pensar em como pode crescer na sua fé e partilhá-la com aqueles que Deus coloca no seu caminho.

Tags:
evangelizacaoIgreja
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia