Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 08 Dezembro |
Bem-aventurado Luís Liguda
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Cristãos perseguidos: monumentos iluminados simbolizarão sangue do martírio atual

Cristãos perseguidos são recordados na Semana Vermelha, como nesta projeção de luz sobre o Cristo Redentor

AED

Francisco Vêneto - publicado em 04/11/22

Neste ano, a iniciativa da fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre vai de 16 a 23 de novembro

O drama mundial dos cristãos perseguidos será novamente denunciado neste mês de novembro, como tem acontecido todos os anos desde 2015, pela iniciativa internacional “Semana Vermelha”, durante a qual é projetada uma iluminação especial sobre monumentos emblemáticos de diversos países para simbolizar o sangue dos mártires do nosso tempo.

A iniciativa é da fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS ou ACN, pela sigla internacional em inglês).

Neste ano, a Semana Vermelha vai de 16 a 23 de novembro, com o objetivo de conscientizar as populações e as autoridades de todo o planeta sobre a gravidade da perseguição contra os cristãos no mundo atual.

A ideia veio da ACN Brasil em outubro de 2015, com a iluminação da estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Em abril de 2016, a ACN Itália projetou o vermelho-sangue na célebre Fontana di Trevi, em Roma. A partir destes precedentes, a ACN Reino Unido desenvolveu a proposta da #RedWednesday (Quarta-Feira Vermelha), em determinada quarta-feira do mês de novembro, a fim de recordar todos os cristãos perseguidos. Atualmente, dentro desse mesmo mês, a iniciativa é realizada ao longo de uma semana inteira.

Estima-se em pelo menos 416 milhões o número de cristãos que sofrem atualmente vexações, discriminações ou aberta perseguição por causa da sua fé no país em que vivem. São números aproximados com base em denúncias verificadas, o que quer dizer que os números reais são maiores ainda, já que muitos cenários de violência e perseguição nem chegam a ser denunciados devido ao medo que as vítimas sentem de sofrer represálias ainda piores.

Segundo Alessandro Monteduro, diretor da ACN na Itália, existem muitos países cujos governos nem sequer reconhecem a liberdade religiosa como essencial, sendo eles próprios os promotores das situações de discriminação e perseguição.

O Relatório da Liberdade Religiosa, publicado anualmente pela ACN, demonstra que, desde 2018, as violações à liberdade religiosa só aumentaram no mundo.

Tags:
CristãosIdeologiaIgrejaPerseguiçãoReligiãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia