Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 07 Dezembro |
Bem-aventurado Janos Scheffler
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Religiosa e padre homenageados pelo testemunho de fé que viveram em cativeiro

GLORIA CECILIA NARVAEZ

ho | VATICAN MEDIA | AFP

Reportagem local - publicado em 06/11/22

Eles foram sequestrados por grupos terroristas que atuam no continente africano e que olham para a Igreja Católica como um dos alvos a abater

Foram raptados e durante vários anos estiveram em cativeiro em África, às mãos de grupos jihadistas. A Irmã Glória Narvaéz Argoti e o Padre Pier Luigi Maccalli têm agora, além dessa experiência dramática, mais uma coisa em comum: foram ambos homenageados na primeira edição do Prémio ‘Beata Pauline Jaricot’, instituído em Espanha pelas Obras Missionárias Pontifícias.

A atribuição deste prémio visa reconhecer o trabalho e o testemunho de fé dos dois missionários nos momentos difíceis por que passaram após terem sido sequestrados por grupos terroristas que actuam no continente africano e que olham para a Igreja Católica como um dos alvos a abater.

Pier Luigi Maccalli, missionário italiano da Sociedade de Missões Africanas, foi libertado a 8 de Outubro de 2020, no Mali, ao fim de cerca de dois anos de cativeiro após ter sido raptado na Diocese de Niamey, no Níger, a 17 de Fevereiro de 2018.

História algo semelhante foi vivida pela Irmã Glória Narvaéz Argoti. A religiosa colombiana estava em Karangasso, no Mali, na missão das Franciscanas de Maria Imaculada, onde vivia, quando a 7 de Fevereiro de 2017, um grupo de homens armados invadiu a casa e a levou como refém. Foram quase cinco anos de sofrimento e angústia que só terminariam em 9 de Outubro do ano passado.

“Quero agradecer a Deus, que me deu a oportunidade de nascer de novo e voltar à minha missão”, disse a Irmã Glória ao receber o prémio, lembrando que foi nos anos de cativeiro que mais sentiu a presença de Deus, pois, disse, “não há cruz sem Cristo”.

O Padre Pier Luigi lembrou, na ocasião, o povo de Bomoanga, no Níger, onde estava quando foi raptado. A experiência de cativeiro leva-o agora a pedir para ver com atenção o continente africano, onde estão a acontecer muitas guerras e conflitos que passam praticamente despercebidos aos olhos do mundo. “As nossas histórias como reféns do jihadismo puseram em evidência uma região de África onde se vivem muitas guerras esquecidas”, disse o sacerdote italiano.

A Fundação AIS acompanhou sempre com preocupação os casos da Irmã Glória e do Padre Maccalli, tendo inclusivamente, na Quaresma de 2020, apresentado as suas histórias como exemplo de heroicidade de quem leva a missão na Igreja e o serviço aos outros ao limite do sacrifício. Os prémios foram entregues na semana passada pelo Arcebispo de Pamplona, D. Francisco Pérez.

Tags:
ÁfricaPerseguiçãoTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia