Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Existe casamento no céu?

WALKING

Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 07/11/22

No céu haverá experiências de comunhão completamente diferentes (e melhores) das que vivemos na terra

Para muitos casais, é difícil se imaginar no céu separado um do outro. No entanto, Jesus foi muito claro em seu ensinamento sobre o casamento no céu:

“Os filhos deste mundo casam-se e dão-se em casamento, mas os que serão julgados dignos do século futuro e da ressurreição dos mortos não terão mulher nem marido. Eles jamais poderão morrer, porque são iguais aos anjos e são filhos de Deus, porque são ressuscitados.”

Lucas 20, 34-36

Isso pode parecer um tipo de existência “menor”, ​​em que não estaremos mais unidos com nosso cônjuge no céu. No entanto, não significa que não estaremos unidos com nosso cônjuge por toda a eternidade.

Catecismo da Igreja Católica descreve o céu como um lugar de “comunhão”.

“Esta vida perfeita com a Santíssima Trindade, esta comunhão de vida e de amor com Ela, com a Virgem Maria, com os anjos e todos os bem-aventurados, chama-se «céu». O céu é o fim último e a realização das aspirações mais profundas do homem, o estado de felicidade suprema e definitiva.”

CIC 1024

Além disso, todos os que estão no céu estão unidos em uma “cidade de Deus”.

“Os que estiverem unidos a Cristo formarão a comunidade dos resgatados, a «Cidade santa de Deus» (Ap 21, 2), a «Esposa do Cordeiro» (Ap 21, 9). Esta não mais será atingida pelo pecado, pelas manchas (644), pelo amor próprio, que destroem e ferem a comunidade terrena dos homens. A visão beatífica, em que Deus Se manifestará aos eleitos de modo inesgotável, será a fonte inexaurível da felicidade, da paz e da mútua comunhão.”

CIC 1045

Casamento no céu

O céu, portanto, será diferente de qualquer experiência de comunhão que encontramos na terra, superando até mesmo os momentos mais felizes da vida conjugal neste mundo.

Se ambos, marido e mulher, lutarem pela santidade na terra e entrarem na eterna bem-aventurança do céu, eles estarão unidos no céu de uma maneira muito melhor, mas que está além de nossa compreensão. Não se parecerá com o casamento na terra, pois estaremos unidos com todos os santos no céu em uma eterna comunhão de amor, unidos pelo próprio Deus.

A perda da vida conjugal não será um problema para nenhum de nós, pois ganharemos uma recompensa muito maior do que poderíamos imaginar.

Enfim, o casamento é um caminho projetado para nos ajudar em nosso caminho para o céu e, uma vez que finalmente chegamos ao nosso destino, não haverá mais necessidade de nos agarrarmos a ele.

E os viúvos e viúvas que se casaram novamente na terra? Como será o relacionamento com os primeiros cônjuges no céu? Para saber a resposta, leia o artigo abaixo

Tags:
AmorCasamentoCéuRelacionamentovida eterna
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia