Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Fim da vida: acompanhando a dimensão espiritual do paciente

PALLIATIVE

Shutterstock | Photographee.eu

Elisabeth De Courrèges - publicado em 08/11/22

Elisabeth de Courrèges, uma terapeuta ocupacional, discute a delicada questão do apoio espiritual às pessoas no fim da vida

A fé pode mover montanhas? Sim, e também pode mover corações os dos pacientes.

Conduzida energicamente por duas freiras de hábitos azuis e brancos, a grande cama sobre rodas, com o seu paciente sorridente e os seus imaculados lençóis brancos, faz o seu caminho pelo hospital.

Desde o início do meu estágio numa unidade de cuidados paliativos em Lille, este alvoroço não é nada de especial. É até bastante habitual nesta unidade de cuidados paliativos ligada a uma comunidade religiosa. Embora os cuidados sejam prestados por profissionais de uma variedade de disciplinas, as irmãs, discreta e simplesmente, participam de tudo. Eles encontram os doentes, apresentam-se, falam sobre a vida, sobre a fé, ouvem, rezam.

O que têm as freiras a ver com os cuidados com os doentes ou com o fim da vida? O que significam estas idas e vindas para a capela num cronograma já completo de cuidados e tratamentos? Qual é o interesse de externalizar uma dimensão espiritual tão íntima e interior da vida?

O próprio princípio e essência dos cuidados paliativos: o acompanhamento da pessoa em todas as suas dimensões.

Não há aqui qualquer proselitismo ou oportunismo. É simplesmente uma recordação do que, desde a sua criação, tem sido o princípio e a essência dos cuidados paliativos: o acompanhamento da pessoa em todas as suas dimensões.

Ao mesmo tempo que cuidamos de um corpo, uma psique e das relações, acompanhamos um indivíduo com uma vida interior à qual deve ser dada a mesma atenção. Só então poderemos identificar com um pouco mais de precisão o mistério da pessoa que estamos a acompanhar.

Naturalmente, existe a arte e a forma de fazer isso: em primeiro lugar, ser o interlocutor designado, seja oficialmente (religioso, voluntário, capelão) ou não, quando o paciente aborda o assunto à sua frente de forma bastante consciente. Deve-se então estar preparado. Sem impor nada. Apenas ouvir suas perguntas, reflexões, revoltas e levá-las profundamente em consideração.

Espiritualidade, uma dimensão essencial da vida humana

A vida humana é expressa através de um estado de saúde, um lugar na sociedade… mas também através da espiritualidade. Seria errado negá-la, enterrá-la ou rejeitá-la. Pois a espiritualidade influencia o corpo, as relações e a psique. “Um grito de angústia espiritual é um grito que nos lembra o quanto a pessoa ainda está viva”, disse-me uma vez um voluntário numa unidade de cuidados paliativos.

Agora formada e trabalhando como voluntária na Armênia, descobri que aqui o assunto não é tabu: na equipe em que me juntei, preocupamo-nos e rezamos. Cada um à sua maneira, com uma religião, uma fé ou apenas uma vida interior. Desta forma, permitimos que os doentes expressem também a sua vida espiritual.

Aqui, uma unidade médica para crianças abandonadas, no dia 2 de Novembro, Dia de Finados, as religiosas foram rezar no túmulo de cada um dos seus pequenos protegidos. Nesse dia lembrei-me das palavras de Jesus, expressas num grito no fim da Sua vida, quando Ele entregou o Seu corpo, Alma e Espírito unidos: “Está consumado”.

Tags:
DoençaIdososMorteSentido da vida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia