Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 08 Dezembro |
Bem-aventurado Luís Liguda
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O Papa recebe da Ucrânia um presente que preferia nunca ter recebido

Papa Francisco e o Sviatoslav Shevchuk da Ucrânia

ALBERTO PIZZOLI | AFP

Ary Waldir Ramos Díaz - publicado em 10/11/22

Fragmentos semelhantes estão sendo extraídos dos corpos de soldados ucranianos, civis e até crianças

O Papa Francisco recebeu da Ucrânia um presente que preferia nunca ter recebido – mas que, no contexto atual, tem um impacto extraordinário.

Nesta segunda-feira, 7 de novembro, ele recebeu em audiência privada o arcebispo-mor da Igreja Greco-Católica Ucraniana, Sua Beatitude Sviatoslav Shevchuk, que, depois do encontro, comentou sua impressão sobre o apoio do pontífice:

“O Papa Francisco está do lado do povo ucraniano em oração e na ação”.

O encontro foi na Biblioteca Particular do Palácio Apostólico. Pelo protocolo vaticano, é tradição que, durante essas audiências privadas, aconteça uma “troca de presentes” entre o Papa e o convidado – e Francisco nunca se esquecerá do presente que recebeu de Sua Beatitude Sviatoslav Shevchuk.

O líder greco-católico ucraniano não tinha deixado o seu país desde a invasão russa, permanecendo em Kyev para apoiar a população. Nesta viagem ao Vaticano, ele levou como presente ao Papa o fragmento de uma mina terrestre russa que, em março, destruiu a fachada da sede da Igreja Greco-Católica Ucraniana em Irpin, cidade próxima de Kyev.

Cidades mártires

É um presente cheio de doloroso simbolismo. Irpin é uma das primeiras “cidades mártires” atingidas pela agressão russa contra a Ucrânia, mas não é a única a sofrer com as minas e as explosões: fragmentos semelhantes estão sendo extraídos dos corpos de soldados ucranianos, civis e até crianças – mais um dos tantos sinais visíveis da destruição e da morte causadas pela guerra todos os dias.

Fragmento de mina russa que explodiu na Ucrânia é dado ao Papa como presente

Durante o encontro, o Papa renovou a sua solidariedade com o “povo ucraniano martirizado” e encorajou o arcebispo-mor e seus párocos a continuarem prestando um “serviço evangélico de proximidade para com as pessoas que sofrem, oprimidas pelo medo e pela violência da guerra”.

Francisco reiterou o compromisso da Santa Sé com as negociações de uma paz justa.

Por sua vez, o arcebispo-mor explicou ao Papa sobre a Ucrânia:

“A guerra na Ucrânia é uma guerra colonialista e as propostas de paz que vêm da Rússia são propostas de ‘paz colonial’. Essas propostas negam a existência do povo ucraniano, da sua história, da sua cultura e até da Igreja”.

Shevchuk agradeceu ao Papa por todas as ações que ele tem realizado e coordenado para mediar a paz, libertar reféns e prisioneiros e organizar as ajudas humanitárias da Igreja Católica ao povo ucraniano que sofre.

Tags:
GuerraPapa FranciscoUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia