Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

A Tapeçaria da Criação: um tesouro ibérico medieval

Tapis_de_la_Creacio-_Tapis_restaurat._Anvers.jpg

By Kippelboy - Own work, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=19068328

Daniel R. Esparza - publicado em 13/11/22

Apenas a parte superior da tapeçaria original permanece. Nela, é contada a história da Criação. Veja aqui:

A Tapeçaria da Criação, também conhecida como Tapeçaria de Girona, está alojada no Museu da Catedral de Girona. Originalmente o baldaquino para o altar da Santa Cruz na mesma catedral (embora alguns pensem que possa ter sido usado como cortina, ou mesmo como tapete), a tapeçaria é um painel românico de bordados minuciosos do século XI bordados com uma série de cenas teológicas retratando os ciclos bíblicos da Criação e (até certo ponto) da Redenção.

Medindo quase 4 x 5 metros (12 pés × 15,4 pés), a Tapeçaria da Criação não é exatamente uma tapeçaria. Na realidade, é um grande painel de agulhas de feltro colocado na superfície de um tecido moído – uma lã de terracota de diferentes cores, com fios de lã e linho branco.

Curiosamente, as molduras da Tapeçaria da Criação (que está bastante deteriorada) contêm quadros menores. A maioria dos estudiosos concorda quando diz que se trata de uma adição posterior, devido ao seu estilo e temas bizantinos (e não românicos).

Apenas a parte superior da Tapeçaria da Criação permanece. Esta parte, porém, está dividida em três outras partes – ou, melhor dito, ciclos:

  • O Génesis, que é presidido pelo Cristo Pantocrator
  • Os elementos cósmicos (incluindo meses e dias)
  • A História da Santa Cruz (de fato, Helena de Constantinopla é claramente retratada nela, uma vez que lhe é creditado encontrar a Cruz Verdadeira e levá-la para a Europa)

O Cristo Pantocrator, retratado como um jovem (de forma claramente Alexandrina, não bizantina), ocupa um círculo no centro da tapeçaria. Está rodeado por um círculo cujos setores (além do superior, no qual o Espírito Santo é representado como pomba branca) mostram os sete dias da criação, retratando Adão e Eva.

No quadrado central superior da Tapeçaria da Criação encontramos um homem velho representando “o tempo secular” (Annus, literalmente “o ano”) segurando a Roda do Tempo na sua mão esquerda. Os outros quadrados incluem personificações dos Rios do Paraíso, das Quatro Estações, de Sansão, e outro personagem bíblico que se crê ser Adão. Os dois cantos inferiores dos restos da Tapeçaria da Criação incluem as personificações do Sol (simbolizando o Domingo) e da Lua (simbolizando a Segunda-feira).

No fundo, cenas incompletas da descoberta da Santa Cruz apresentam Helena de Constantinopla em Jerusalém, e o trânsito da Cruz Verdadeira à medida que é levada para a Europa.

Tags:
ArteCulturaHistóriaViagem
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia