Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
São João Maria, chamado Muzei ou Ancião
Aleteia logo
Curiosidades
separateurCreated with Sketch.

O belo simbolismo do véu de noiva

weeding veil

Sivilla / Shutterstock

Marzena Devoud - publicado em 25/11/22

Este tradicional acessório de casamento está carregado de ricas simbologias. Qual é o seu significado através dos tempos? De onde vêm as tradições que o cercam?

Para Isabelle, uma arquiteta francesa de 31 anos que está prestes a se casar com Dimitri, a questão de usar o véu no dia do casamento é indiscutível. “Não consigo me imaginar entrando na igreja sem usar o véu que minha mãe e minha avó já usaram… É importante para mim permanecer fiel a essa linda tradição familiar e, quem sabe, passá-la um dia para minha filha. Mas isso não é tudo. O véu também simboliza compromisso e fidelidade”, confidencia à Aleteia.

“Para mim, o véu de noiva é uma vestimenta bíblica. Minhas clientes, aquelas que se casam na igreja, estão voltando cada vez mais à tradição de usar o véu. Para algumas, o véu sublima o vestido de noiva. Para outras, carrega um significado real”, confirma Celestina Agostino, estilista parisiense de vestidos de noiva.

Belo simbolismo

Este acessório de casamento, que é usado na frente do rosto da noiva na sua entrada na igreja, é carregado de rico simbolismo. Se olharmos para a sua história, encontramos os seus primeiros vestígios na “Eneida”, de Virgílio: como sinal de oferenda, usa-se o véu perante os deuses. Deste sinal de devoção religiosa, emanará um forte símbolo entre os romanos.

Assim, desde a antiguidade, cada noiva usa um véu. Além disso, a palavra latina “nubere”, que significa “velar”, é sinônimo de “casar”. Este último era um símbolo de compromisso com o marido. Por outro lado, tratava-se de distinguir as mulheres casadas ou viúvas das solteiras, escravas e prostitutas. A visão do cabelo era considerada um atributo da sedução feminina, por isso deveria ser reservada ao marido na esfera íntima do lar. 

Na Grécia, o “flammeum” era um véu que cobria apenas metade do rosto da noiva. Vermelho ou laranja, simbolizava alegria e fertilidade.

Na Idade Média, o casamento era um compromisso firmado entre os pais dos noivos. A tradição mandava que o véu usado pela noiva fosse opaco, de modo a esconder o rosto. Por quê? Para que o marido o visse pela primeira vez na noite de núpcias. Se o futuro marido já conhecesse sua noiva, ambos deveriam usar véu durante a cerimônia para serem abençoados.

Símbolo de pureza e castidade

Na religião cristã, encontramos a origem do véu da noiva na Bíblia. São Paulo, em sua primeira carta aos Coríntios, menciona que a mulher casada deve usar véu como sinal de sua devoção a Deus. Como o casamento é uma celebração religiosa, no mesmo espírito e pelo mesmo motivo, a noiva (“a que está com o véu”, em hebraico) deve usar o véu. Ela não se revelará antes de chegar à câmara nupcial. O símbolo de pureza e castidade é, portanto, forte: o uso do véu é reservado à jovem pura.

Quanto à cor branca, foi em 1840 que a Rainha Vitória lançou a moda para casamento em branco. Como rainha, a jovem deveria usar vermelho. Mas, desafiando a tradição e para surpresa de todos, optou por um vestido de cetim branco adornado com renda, com o véu de tule branco a transformar-se numa longa cauda.

VICTORIA
Rainha Victoria em seu vestido de noiva com o véu todo branco.

Ainda mais surpreendente: a cor branca não era de todo escolhida como símbolo de pureza (significado dado depois), mas simplesmente porque o cetim branco realçava a beleza da famosa renda…

Essa tradição do branco para o vestido do casamento levou o mesmo simbolismo do véu da noiva – o da pureza e da virgindade. Tal simbolismo, em 1858, esteve presente na sequência das aparições da Virgem Maria a Bernadette Soubirous, em Lourdes. A jovem confidenciou que Maria estava toda vestida de branco.

Na realeza

A Rainha Elizabeth II reviveu o tradicional véu de noiva da Rainha Vitória: ele tinha quatro metros de comprimento e era decorado com bordados de pérola em forma de flores. Quanto ao de Lady Di, ainda hoje constitui o recorde histórico do véu mais longo usado durante um casamento real: 12 metros!

DIANA
O famoso véu de noiva usado pela princesa Diana.

Enfim, embora o véu de noiva não seja obrigatório hoje, a tradição dita que a noiva o use na frente do rosto até receber o sacramento do matrimônio. Uma vez que os noivos estão unidos diante de Deus, o marido então levanta o véu de sua esposa. Um gesto que completa o belo simbolismo do véu da noiva.

Tags:
CasamentoHistória
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia