Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 07 Fevereiro |
Bem-aventurado Guilherme Saultemouche
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

O Papa Francisco explica o que é a “consolação espiritual”

Papa Francisco fala da consolação espiritual

Antoine Mekary | ALETEIA

Francisco Vêneto - publicado em 02/12/22

Uma das máximas fontes de alegria na vida cristã: veja como o Papa a descreveu

Não perca a Missa internacional por aqueles que precisam de cura. Levaremos suas intenções até o altar - de graça. Clique neste botão para enviar a sua intenção👇

Intenção de missa e oração pelos doentes

Você sabe o que é a consolação espiritual?

O Papa Francisco respondeu a esta pergunta na sua catequese do dia 23 de novembro, cujo tema central era o dom do discernimento. Ele explicou:

“O que é a consolação espiritual? É uma experiência de alegria interior, que permite ver a presença de Deus em tudo. Ela revigora a fé e a esperança, assim como a capacidade de fazer o bem.

A pessoa que vive a consolação não se rende diante das dificuldades, porque experimenta uma paz mais forte do que a provação. Trata-se, portanto, de um grande dom para a vida espiritual e para a vida no seu conjunto.

A pessoa se sente abraçada pela presença de Deus, de uma forma sempre respeitosa da própria liberdade. Nunca é algo desafinado, que procura forçar a nossa vontade, mas também não é uma euforia passageira”.

O Papa citou exemplos de santos como Agostinho, quando conversava com a mãe, Santa Mônica, sobre vida eterna; ou Santo Inácio de Loyola, que experimentava essa consolação espiritual ao ler sobre as vidas dos santos; ou Santa Teresa de Jesus, a quem nos convidou a imitar em sua inocência e consolação espiritual. O pontífice também falou de Santa Teresa Benedita da Cruz:

“A consolação se refere, acima de tudo, à esperança; ela se volta para o futuro, nos põe a caminho, nos permite tomar iniciativas que até então adiávamos, ou nem sequer imaginávamos, como foi o batismo para Edith Stein”.

Edith Stein era o nome de nascimento da judia que viria a converter-se ao catolicismo, tornar-se freira carmelita com o nome religioso de Teresa Benedita da Cruz e sofrer o martírio no campo de concentração nazista de Auschwitz.

O Papa prosseguiu:

“A consolação espiritual não é controlável, não é programável a bel-prazer: é uma dádiva do Espírito Santo. Permite uma familiaridade com Deus que parece anular as distâncias. E, assim, a consolação nos impele a ir em frente e a fazer coisas que, em tempo de desolação, não seríamos capazes; impele a dar o primeiro passo. Este é o aspecto bonito da consolação”.

Já a falsa consolação, alertou o Papa, “pode tornar-se um perigo se a procurarmos como fim em si mesma, de modo obsessivo, esquecendo-nos do Senhor”.

“Devemos procurar o Senhor e, com a sua presença, o Senhor nos consola, nos faz ir em frente. E não procurar a Deus para que Ele nos traga consolações. Também corremos o risco de viver a relação com Deus de maneira infantil, procurando o nosso interesse, procurando reduzir Deus a um objeto para nosso uso e consumo, perdendo o dom mais belo, que é Ele próprio”.

Francisco encerrou:

“Vamos em frente na vida, que avança entre as consolações de Deus e as desolações do pecado do mundo. Mas sabendo distinguir quando é uma consolação de Deus, que traz paz até o fundo da alma, e quando é um entusiasmo passageiro que não é negativo, mas não é a consolação de Deus”.

Tags:
EspiritualidadeFelicidadePapa FranciscoPaz
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia