Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Direto do Vaticano: Papa pede Natal purificado daquilo que o polui

Lighten up Christmas Tree and Nativity Scene at St. Peter's Square in the Vatican.

Antoine Mekary | ALETEIA

I. Media - publicado em 05/12/22

Seu Boletim Direto do Vaticano de 5 de dezembro de 2022
  1. Papa convida a purificar o Natal daquilo que o polui
  2. Presidente de Níger recebido pelo Papa Francisco
  3. Padre Emilio Nappa nomeado Secretário Adjunto do Dicastério para a Evangelização e Presidente da OPM

1Papa convida a purificar o Natal daquilo que o polui

Por Anna Kurian – Para o Natal, o Papa Francisco convidou os cristãos a “fazerem-se pequenos, a deixarem toda vaidade para trás”, a fim de juntar-se a Deus “onde ele está”. O Papa se manifestou assim no sábado, quando recebeu os doadores da árvore e do presépio de Natal que serão expostos na Praça de São Pedro este ano.

Diante das autoridades civis, incluindo o Ministro das Relações Exteriores da Guatemala – o país que doou o presépio – e os presidentes regionais e prefeitos italianos das localidades em questão, o Papa meditou sobre estes símbolos de Natal que “continuam a fascinar tanto os jovens quanto os idosos”.

As luzes da árvore lembram “Jesus que vem para iluminar nossa escuridão, nossa existência muitas vezes encerrada na sombra do pecado, do medo e do sofrimento”, enfatizou o pontífice. A árvore, continuou ele, nos lembra da necessidade de estar “enraizados em Jesus” porque “sem raízes, (…) sem uma base sólida, permanecemos vacilantes”.

A “autêntica pobreza” da manjedoura, disse o Papa, “nos ajuda a redescobrir a verdadeira riqueza do Natal, e a nos purificar de tantos aspectos que poluem a paisagem natalina”. “Simples e familiar, o presépio chama por um Natal diferente do Natal consumista e comercial” e convida “à contemplação”, acrescentou ele.

O chefe da Igreja Católica encorajou então a “preservar momentos de silêncio e oração em nossos dias, que muitas vezes são levados pelo frenesi”. Se realmente queremos celebrar o Natal”, convidou, “vamos redescobrir através do presépio a surpresa e o espanto da pequenez, a pequenez de Deus que (…) não nasce na pompa da aparência, mas na pobreza de um estábulo”.

Este ano, o presépio de madeira de cedro vem de Sutrio, da região de Friuli Venezia Giulia no nordeste da Itália, e o abeto do viveiro de Palena foi doado por Abruzzo. Suas decorações foram feitas por jovens do centro de reabilitação psiquiátrica “La Quadrifoglio”, na vila de Rosello.

A inauguração do presépio e a iluminação da árvore acontecerá no final do dia, em cerimônia presidida pelo Cardeal Fernando Vérgez Alzaga, Presidente do Governo do Vaticano. As instalações de Natal, em frente às quais o Papa tradicionalmente medita na noite de 31 de dezembro, serão visíveis até 8 de janeiro de 2023, data da festa do batismo de Cristo.


2O Presidente de Níger recebido pelo Papa Francisco

Por Anna Kurian – O Papa Francisco recebeu o Presidente da República do Níger, Mohamed Bazoum, por meia hora, em particular, no dia 3 de dezembro. O chefe de Estado estava fazendo sua primeira visita ao Vaticano no contexto da crise de segurança e migração na região do Sahel.

Mohamed Bazoum também se reuniu com o Cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin e o Arcebispo Paul Gallagher, Secretário para as Relações com os Estados. Durante estes intercâmbios, disse a Santa Sé, foram discutidos aspectos da vida social e econômica do Níger, como a educação – uma prioridade para o presidente nigeriano, que toma posse em abril de 2021.

As partes também trocaram pontos de vista sobre assuntos internacionais atuais, em particular “problemas de segurança e fenômenos migratórios nos países da África Ocidental e da região do Sahel”, aos quais o Níger pertence.

O líder do país com maioria muçulmana (98%) ofereceu ao chefe da Igreja Católica uma peça de artesanato feita por tuaregues nigerianos. O Papa apresentou a seu anfitrião uma obra de arte em bronze representando uma criança ajudando outra a se levantar, com a inscrição “Loving to help”, assim como documentos de seu magistério.

Em 24 de março de 2021, pouco antes da inauguração de Mohamed Bazoum, o Papa Francisco expressou seu pesar pelos mortíferos ataques terroristas perpetrados em aldeias e acampamentos tuaregues no oeste do país, num contexto de conflito entre os movimentos islamistas e as populações locais. Ele esperava que “a esperança na democracia e na paz não diminua ou desapareça”.


3Padre Emilio Nappa nomeado secretário adjunto do dicastério para a Evangelização e presidente da OPM

Por Anna Kurian – O Papa Francisco nomeou o Padre Emilio Nappa, 50 anos, como secretário adjunto do dicastério para a Evangelização, a Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou em 3 de dezembro. Com esta nomeação, o padre italiano é promovido a arcebispo e herda a presidência das Pontifícias Sociedades Missionárias (PMS).

Nascido em 9 de agosto de 1972 em Nápoles, Emilio Nappa foi ordenado sacerdote para a diocese de Aversa em 28 de junho de 1997. Após obter o doutorado em teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana (2004), ele lecionou teologia fundamental na Ss. Apostoli Pietro e Paolo Area Casertana em Capua, Campania.

Além de seus deveres pastorais, ele colaborou com a Nunciatura Apostólica na Itália e foi funcionário da Seção de Assuntos Gerais da Secretaria de Estado. Desde setembro de 2022, ele é um funcionário da Secretaria de Assuntos Econômicos.

Padre Nappa entra agora ao serviço do Dicastério para a Evangelização, instituído pela nova Constituição sobre a Cúria Romana Prædicate Evangelium, e colocado sob a responsabilidade direta do Papa. Ele sucede o Arcebispo Giovanni Pietro Dal Toso, que concluiu seu mandato (2017-2022) como secretário adjunto, de acordo com o Vaticano News.

O novo dicastério é o resultado da fusão do dicastério para a Evangelização dos Povos e do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, anteriormente presidido pelo Cardeal Luis Antonio Tagle e pelo Arcebispo Rino Fisichella, respectivamente.

Segundo a Constituição, o dicastério tem duas seções: uma para “questões fundamentais da evangelização no mundo” e outra para “a primeira evangelização e as novas Igrejas particulares nos territórios de sua competência”. Cada um é encabeçado por um “pró-prefeito”. Desde que a constituição entrou em vigor, não ficou claro quem está oficialmente encarregado destas duas entidades, onde o Cardeal Tagle e o Arcebispo Fisichella ainda trabalham.

As Pontifícias Sociedades Missionárias são confiadas à seção de primeira evangelização. Hoje são quatro – a Obra da Propagação da Fé, a Obra da Santa Infância, a Obra de São Pedro Apóstolo e a Pontifícia União Missionária – a OPM foi iniciada pela francesa Pauline Jaricot (1799-1862), que foi beatificada em 22 de maio. Eles estão ligados à Santa Sé desde 1922.

Tags:
ÁfricaNatalResenha de Imprensa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia